sexta-feira, 31 de julho de 2015

Polícia prende homem que mantinha plantação de maconha, no Brejo

Polícia prende homem que mantinha plantação de maconha, no Brejo
Nesta quinta-feira (30), um homem de 24 anos foi preso suspeito de manter uma plantação de maconha na cidade de Solânea, no Brejo paraibano.


De acordo com informações policiais, a casa onde as mudas de maconha estavam foi encontrada porque a polícia soube que recentemente um homem teria sido visto arrastando um pé de maconha nas proximidades do imóvel.


Durante as buscas pelo suspeitos, foram encontradas 23 mudas de pé de maconha, sementes, cigarros da droga, dinheiro, celulares, uma faca e duas espingardas. Ainda durante ações da operação, a polícia conseguiu apreender um rifle, uma arma de pressão, um revolver calibre 22 e munição.

O homem foi encontrado e preso na barragem de canafístula, em Solânea, e levado para a delegacia da região.  

PB Agora

Candidatos a conselheiros tutelares de João Pessoa fazem prova escrita

Os 95 pré-candidatos ao cargo de conselheiros tutelares da cidade de João Pessoa passaram por uma avaliação escrita na manhã desta quinta-feira (30). A prova tem caráter eliminatório, ou seja, quem obtiver nota inferior a 6 não poderá concorrer à eleição que acontecerá no dia 04 de outubro. Os candidatos responderam 20 questões objetivas e uma discursiva.

O presidente da comissão eleitoral, Sandro Gomes, explica que a prova escrita avalia o conhecimento dos candidatos sobre a estrutura da rede de proteção à criança, a Lei Federal 8.069/1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente) e Lei Municipal 11.407/2008, que institui diretrizes para a formulação da política municipal de proteção à criança e ao adolescente e dispõe sobre a estrutura dos conselhos.

Além dos conhecimentos exigidos na avaliação, os candidatos precisam ter nível médio e experiência em algum tipo de trabalho envolvendo crianças e adolescentes. “O município adotou essa avaliação como forma de qualificar o profissional que vai atuar na área. O mínimo que se exige é que ele tenha conhecimento sobre a rede de proteção a criança e ao adolescente, pois aqui em João Pessoa tratamos essas questões com cuidado e zelo”, detalha Sandro Gomes.

A elaboração, aplicação e correção da prova ficaram a cargo do Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos, vinculado ao Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Antes da prova, os candidatos passaram por um curso de capacitação oferecido pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de João Pessoa (CMDCA).

A eleição dos conselheiros tutelares municipais ocorrerá simultaneamente em todo o Brasil. O mandato tem duração de quatro anos.

Atribuições - Os Conselhos Tutelares são órgãos permanentes e autônomos, não jurisdicionais, encarregados de zelar pela garantia e defesa dos direitos da criança e do adolescente por parte da família, da comunidade em geral e do poder público, fiscalizando a atuação dos órgãos públicos e entidades governamentais e não governamentais de atendimento a crianças, adolescentes e famílias.

Segundo dados divulgados pela Secretaria Nacional de Direitos Humanos (SNDH), atualmente existem Conselhos Tutelares em 99,89% dos 5.565 municípios brasileiros.



Secom/JP

Numa única sessão, Corte Eleitoral aprova o novo Regimento Interno do TRE da Paraíba

Numa única sessão, Corte Eleitoral aprova o novo Regimento Interno do TRE da Paraíba
 Numa única sessão, realizada nesta quinta-feira (30), o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba aprovou o seu Regimento Interno (Resolução nº09/2015).


Todos os membros da Corte, e o representante do Ministério Público Eleitoral, parabenizaram a Comissão e a subcomissão encarregadas de elaborar o normativo.


Segundo Breno Wanderley César Segundo, presidente da Comissão, “esse regimento novo do tribunal foi fruto de um trabalho bastante árduo, uma vez que o nosso regimento antigo já estava necessitando de mudanças urgentes.”


“Aprovamos um normativo há muito almejado pela Corte e pelos servidores; esse foi um trabalho feito a várias mãos, feito por uma comissão que se dedicou e contou com a participação efetiva de assessores que deram tudo de si”, disse o desembargador João Alves, presidente do TRE-PB.


Na mesma sessão, a Corte Eleitoral também aprovou voto de aplauso, proposto pelo juiz-membro Breno Wanderley, em favor dos servidores que compuseram a subcomissão encarregada de trabalhar no anteprojeto do Regimento Interno do Tribunal.


TRE

TCE responsabiliza ex-prefeito por irregularidades, na PB

TCE responsabiliza ex-prefeito por irregularidades, na PB
 A 1ª Câmara do Tribunal de Contas da Paraíba, em sessão ordinária na tarde desta quinta-feira (30), julgou irregular o processo licitatório realizado pela Prefeitura de Cabedelo, envolvendo recursos na ordem de R$ 5.329,905,03, destinados à aquisição de medicamentos para a Secretaria de Saúde. A Auditoria verificou incompatibilidade nos itens de preços e responsabilizou o ex-prefeito, José Maria de Lucena Filho pelo montante de R$ 331.500,00, referente a sobre-preço, segundo avaliação da unidade técnica. O relator do processo foi o conselheiro substituto Antônio Gomes Vieira Filho. Da decisão ainda cabe recurso.


Na decisão, que foi acompanhada à unanimidade, o relator propõe a aplicação de multa ao ex-gestor, responsável pelo Fundo Municipal de Saúde, no valor de R$ 5.000,00, a ser recolhida num prazo de 30 dias, e a remessa dos autos ao Ministério Público Estadual para análise da eventual ocorrência de outras infrações civis e penais. Consta ainda no processo, a alegação de que a licitação visou garantir a qualidade dos produtos adquiridos, não admitindo medicamentos genéricos. “Alegação completamente descabida. Mesmo em igualdade de preços o genérico teria preferência” frisou o relator.


Foram julgados regulares processos licitatórios realizados nas prefeituras de Santa Luzia (007/2012), Manaíra, (001/2014), Soledade (04/2014) e Cajazeiras (60045/2014). Com ressalvas os processos relativos a Picuí (12/2012 e 10/2012) e Pombal (023/2014). A Câmara decidiu pela irregularidade nos julgamentos dos processos de licitação promovidos pelas prefeituras de Picuí (05/2011 e 01/2010) e Santa Rita (056/2012), bem como da concorrência nº 05/2007, contrato e aditivos originários da Cagepa, objetivando obras de esgotamento sanitário no Bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa.


Nesta sessão foram agendados 119 processos. Sob a presidência do conselheiro Fábio Túlio Nogueira, completaram o quorum os conselheiros Fernando Rodrigues Catão, Antônio Gomes Vieira Filho (substituto), Renato Sérgio Santiago Melo (substituto) e Marcos Antônio Costa (substituto). Pelo Ministério Público de Contas atuou Luciano Andrade Farias.


PB Agora com TCE

Homem é executado a tiros na cidade de Remígio

Reprodução/Remígio247.com

Rogério

Era por volta de 19h40, da noite deste dia 30 de julho (quinta-feira), quando um homem conhecido por Simão foi alvejado por pelo menos cinco tiros, na rua Benevenuto Teodoro, exatamente em frente a bodega de seu Chico. A vítima é Rogério, irmão do cantor Diá Santos. Rogério trabalhava como segurança autônomo e prestava serviço para algumas lojas do comércio de Remígio juntamente com a equipe de “Carrim”.


As características do crime são de execução sumária, não tendo sido anunciado assalto nem nada de valor foi levado da vítima. Outro indício de execução é a quantidade de disparos, e os tiros foram dados em locais fatais. Segundo informações postadas no portal da setimaregional, o caso está sendo investigado pelo Núcleo de Homicídios de Esperança.


Remígio247.com

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Apresentador Luciano Huck grava quadro “Vou de Táxi” em João Pessoa







A capital paraibana foi escolhida pelo apresentador Luciano Huck para gravar o quadro “Vou de Taxi, nesta terça, 28.

Huck escolheu o restaurante Roccia Cozinha Contemporânea, um dos mais badalados de João Pessoa, para almoçar. O apresentador esteve no local e ficou encantado com o famoso “picadinho” preparado pelo chef Onildo Rocha, que fez questão de registrar a presença do global. Luciano está para o programa Caldeirão do Huck.

Outro registro feito do apresentado na cidade, foi publicado pelo taxista Berg.

“Primeiramente quero agradecer a Deus, depois a produção do Luciano Huck que nos localizou através do nosso site taxinaparaiba.com.br no google, e escolheu os nossos serviços para as gravações do quadro “Vou de Táxi” em João Pessoa”, revelou o taxista ao posar com Luciano Huck





Mais um registro em frente ao Muiraquita Point na orla de João Pessoa

Portal do Litoral 

Mudanças para unificar ensino no país pode incluir novas disciplinas em currículo escolar

Gerentes dos Núcleos Regionais de Educação do Estado se reuniram, nesta quarta-feira (29), para iniciar o debate sobre as mudanças discutidas pelo Governo Federal para unificar o ensino público no País. No próximo ano, o currículo dos alunos de escolas estaduais já pode vir com mudanças, inclusive com novas disciplinas e material didático.

Segundo a secretária-executiva Pedagógica, da Secretaria de Estado de Educação, Roseane Marinho, esse assunto vem sendo avaliado pelo Governo Federal desde 2013, mas só em janeiro deste ano começou a ser colocado em prática. “O Ministério da Educação está na fase de discussão da chamada Base Nacional, com todos os Estados. O objetivo é ver a melhor forma de construir um documento oficial, que sirva de referência para as mudanças curriculares dos alunos e até para a formação e qualificação dos professores”, disse ela.

A previsão é de que esse documento seja apresentado em setembro, para então ser avaliado com os Estados. Assim, ele deve ser finalizado e colocado em prática já em 2016. “A ideia é fazer com que alunos que estão nas escolas da região Sul do Brasil possam estudar na região Norte, que alunos do Centro-Oeste possam estudar no Nordeste e assim por diante, sem prejuízo de calendário ou grandes diferenças na grade curricular”, explicou a secretária Roseane Marinho, destacando que as especificidades de cada região vão ser respeitadas, como é o caso das áreas indígenas, por exemplo.

No próximo mês, um seminário vai marcar o lançamento do debate sobre a Base Nacional de Educação para a sociedade em geral, na Paraíba. Assim, o assunto pode receber sugestões e apoio de diversos setores, não apenas da comunidade acadêmica.



Secom

Mega-Sena acumulada poderá pagar R$ 46,3 milhões; veja as dezenas sorteadas



Acumulada há cinco concursos, a Mega-Sena realizou o concurso 1.727 na noite desta quarta-feira (29) em Osasco (SP). O prêmio final é de R$ R$ 46.391.009,23.

As dezenas sorteadas foram: 04 - 06 - 19 - 20 - 40 - 41. Caso um único ganhador queira aplicar a bolada na poupança, receberá cerca de R$ 307 mil em rendimentos mensais.

A última vez em que a Mega teve ganhadores foi em 9 de julho. Uma aposta de Itapevi (SP) levou sozinha um prêmio de R$ 36,4 milhões, valor resultante de quatro sorteios acumulados.

Os sorteios da Mega-Sena são normalmente realizados duas vezes por semana --às quartas-feiras e aos sábados. As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do concurso em qualquer lotérica do país. O valor mínimo da aposta é R$ 3,50.

UOL Notícias

Bertrand Ásfora consegue maioria de votos e encabeça lista tríplice do MPPB

Bertrand Ásfora consegue maioria de votos e encabeça lista tríplice do MPPB
O procurador-geral de Justiça da Paraíba, Bertrand Ásfora, obteve o maior número de votos (133) em eleição realizada nesta quarta-feira (29) no Ministério Público da Paraíba.

O promotor Ádrio Leite foi o segundo mais votado com 113 votos. Carlos Romero obteve 109. Agora a lista tríplice será encaminhada ao Palácio da Redenção para a escolha do governador Ricardo Coutinho.

Outros promotores de Justiça também estiveram na disputa pela lista tríplice: Antônio Hortêncio Rocha Neto, , Amadeus Lopes Ferreira, João Geraldo Carneiro Barbosa Neto e Bertrand de Araújo Asfora. A votação teve início às 8h e foi encerrada após às 16h.

Na eleição deste ano, para o biênio 2015/2017, estavam aptos a votar um total de 220 membros da instituição e 215 compareceram ao pleito (foram apenas cinco abstenções). Houve o registro de dois votos nulos e nenhum em branco. O voto para a composição da lista tríplice é secreto e plurinominal (cada um dos membros-eleitores tem direito a apontar até três nomes).

A eleição sempre ocorre trinta dias antes do término do mandato de procurador-geral de Justiça que estiver em curso. Após a definição da lista tríplice, a instituição tem um prazo de três dias para encaminhá-la ao governador do estado, que terá um prazo de 15 dias para nomear o procurador-geral de Justiça dentre os integrantes da carreira do Ministério Público constantes da lista tríplice. Se o governador não efetivar a nomeação nos quinze dias que se seguirem ao recebimento da lista, será investido automaticamente no cargo o membro do Ministério Público mais votado da lista.

Bertrand de Araújo Asfora é natural de Campina Grande, tem 46 anos, é casado com Antuérpia Carneiro Medeiros Asfora e pai de três filhos: Rembrand (27 anos), Bertrand Filho (20 anos) e Bressand (18 anos). Formado em Direito pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e ex-professor na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e na Fundação Escola Superior do Ministério Público da Paraíba (Fesmip-PB), Bertrand iniciou sua carreira profissional como advogado. É promotor de Justiça do Ministério Público da Paraíba (MPPB) desde o ano de 1995. É o atual procurador-geral de Justiça do MPPB e busca a recondução.

Ádrio Nobre Leite tem 43 anos, é casado há 21 anos e pai de três filhos. Passou a infância e grande parte da adolescência na cidade de Cajazeiras. Formado em Direito pela UFPB em João Pessoa, exerceu a advocacia. Foi servidor público, por concurso, no Ministério Público da União (MPU); em seguida, foi aprovado em concurso para promotor de Justiça do MPPB. É promotor de Justiça desde junho de 1994. Ex-secretário da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), há doze anos é titular do cargo de 1º promotor de Justiça de Defesa do Patrimônio Público na capital. 

Carlos Romero Lauria Paulo Neto nasceu em João Pessoa, é casado com Raquel Stropp Paulo Neto e pai de Rafael (7 anos) e Rebecca (5 anos). Atual secretário-geral do MPPB, é promotor de Justiça desde o ano de 2000; e professor universitário desde 2003. Bacharel em Direito pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), tem pós graduação em Direito Processual Civil pela PUC-SP e mestre em Ciências Jurídico-Políticas pela Universidade de Lisboa. Autor do livro ‘A Decisão Constitucional Vinculante – Volume 15, Coleção Gilmar Mendes’.



PB Agora

TRE-PB conclui visitas às Zonas Eleitorais que terão cadastramento biométrico

TRE-PB conclui visitas às Zonas Eleitorais que terão cadastramento biométrico
Encerrado, nesta semana, o ciclo de visitas às Zonas Eleitorais cujo eleitorado passará por cadastramento com coleta de dados biométricos.


Nos últimos dias 28 e 29, o vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), desembargador José Aurélio da Cruz, esteve nas Zonas Eleitorais sediadas nos municípios de Pombal, Sousa e Itaporanga, para concluir uma série de reuniões com gestores municipais iniciadas neste mês de julho, onde se buscou o apoio das prefeituras ao projeto de coleta de dados biométricos dos eleitores.


As reuniões, com a finalidade de conseguir junto às prefeituras, local e servidores para efetivar o sistema biométrico, envolveram juízes eleitorais, chefes de cartório, presidentes de Câmaras e os prefeitos dos municípios que terão o seu eleitorado recadastrado.


Os municípios representados nesta fase conclusiva foram: Lagoa, Paulista, São Bentinho, Cajazeirinhas, São Domingos de Pombal, Marizópolis, Lastro, Aparecida, Santa Cruz, Nazarezinho, Vieirópolis, São Francisco, São Francisco, São José da Lagoa Tapada, Diamante, Boa Ventura, Curral Velho, Pedra Branca, Serra Grande e São José de Caiana.


Para o vice-presidente do TRE-PB, desembargador José Aurélio da Cruz, as reuniões com os prefeitos foram muito proveitosas. “Avalio esta última etapa de visitas a Itaporanga e nos municípios termos como uma tarefa exitosa porque todos os prefeitos compareceram e se comprometeram a ajudar o TRE com essa grande empreitada que é o cadastramento. Com certeza cumpriremos essa meta bem antes do programado”, afirmou o vice-presidente.





Redação com TRE/PB

Polícias da Paraíba e de TO prendem suspeito de homicídio na PB

Polícias da Paraíba e de TO prendem suspeito de homicídio na PB
Um trabalho conjunto do Grupo Tático Especial (GTE) da Polícia Civil de São Bento, no Sertão da Paraíba, e de policiais de Palmas, no Estado de Tocantins, prendeu, na manhã desta quarta-feira (29), Geraldo Anastácio da Silva, 62 anos, suspeito de homicídio. O crime aconteceu em 1989 na cidade de São Bento. Na época as investigações mostraram que Geraldo teria matado o cunhado, José Ferreira Cavalcante, porque não aprovava o relacionamento dele com a irmã.

“Através dos depoimentos colhidos, a vítima e o suspeito viviam tendo desentendimentos. No dia do crime, José estava em um matadouro quando Geraldo chegou e agarrou-o pelo pescoço e desferiu vários golpes de faca peixeira na vítima, que ainda foi socorrida para o hospital, mas infelizmente não resistiu aos ferimentos e morreu”, disse o delegado Homero Perazzo Filho, responsável pelas investigações.

Com a renovação do mandado de prisão de Geraldo pela Justiça há cerca de dois meses, o serviço de inteligência do GTE da Polícia Civil de São Bento entrou na Infoseg, a rede que reúne informações de segurança pública dos órgãos de fiscalização do Brasil, através do emprego da tecnologia da informação e comunicação. A rede faz integração das informações de Segurança Pública, Justiça e Fiscalização, como dados de inquéritos, processos, de armas de fogo, de veículos, de condutores e de mandados de prisão.

Um rastreamento feito em vários Estados mostrou que o suspeito podia estar em Palmas. Com ajuda da Polinter de Tocantins, coordenada pelo delegado Reginaldo Menezes Brito, Geraldo foi identificado e preso. Durante o cumprimento do mandado, ele disse aos policiais que estava morando em Palmas (TO) desde que fugiu da Paraíba no dia do crime.

Geraldo está recolhido em uma delegacia de Tocantins aguardando a transferência para a Paraíba, que deve ser feita nos próximos dias. Assim que chegar ao Estado ele será ouvido na Delegacia de São Bento e em seguida encaminhado para o Presídio de Catolé do Rocha.



Secom

Polícia prende mais duas pessoas envolvidas em clonagem de cartões

Polícia prende mais duas pessoas envolvidas em clonagem de cartões
A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) da Capital, prendeu na terça-feira (28) mais duas pessoas envolvidas em clonagem de cartões e compras indevidas. Foram presos João Mirle do Vale Leal, de 42 anos, e Luís Henrique Leal, de 23 anos. Os dois são suspeitos de participarem de um esquema criminoso de falsificações, não só na Paraíba, mas em outros Estados do Brasil.

De acordo com o delegado adjunto da DDF, Ragner Magalhães, a dupla presa faz parte do desenrolar da ‘Operação Trojan’, iniciada esta semana. “Depois que prendemos alguns integrantes da quadrilha, com os depoimentos nós conseguimos chegar a João Mirle e Luís Henrique. Os dois usavam carros de luxo e tinham muito dinheiro, sacado indevidamente da conta de pessoas que tiveram os cartões clonados”, disse o delegado.

Os dois foram presos em uma abordagem policial em um Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Posto de Mamanguape, e estavam em um carro de luxo, que também foi apreendido. Ambos são naturais do Estado do Acre e estavam hospedados em um Flat no bairro do Cabo Branco. Com a dupla foram apreendidos cartões de crédito clonados, leitor de cartão de crédito e um notebook com programas utilizados na obtenção e fabricação de cartões clonados.

Os dois foram encaminhados para a Penitenciária do Róger e vão responder pelos crimes de estelionato e associação criminosa. Até o momento, quatro pessoas foram presas na ‘Operação Trojan’, desencadeada pela Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa.



Secom

Vereadores de CG detonam proposta de criação de CPI contra Vené

Vereadores de CG detonam proposta de criação de CPI contra Vené
Na entrevista bombástica concedida a Folha de São Paulo, o ex-diretor financeiro da Prefeitura Municipal de Campina Grande Rennan Trajano acusou oito vereadores de participaram de um suposto “mensalinho” realizado na CMCG em troca apoio político ao então prefeito Veneziano Vital do Rêgo e em votações de projetos na Casa.

A denúncia do já chamado “homem bomba” foi desmerecida na plenário Casa de Félix Araújo, por vereadores da situação e oposição.

Os parlamentares reprovaram a forma como Renal formulou a denúncia, e garantiram desconhecer qualquer existência de “mensalinho” na Casa. Eles também rejeitaram a proposta de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), proposta pelo vereador João Dantas (PSD), para investigar Veneziano.

Mesmo sendo governista, o vereador Cícero Buchada (PTN) criticou as denúncias do ex- tesoureiro da PMCG, Rennan Trajano Farias. Buchada disse que sem documentos que comprovem existência do “mensalinho”, não haveria motivos para instalar a CPI. Para ele, é preciso muita cautela e documentos para acreditar nas denúncias do ex-tesoureiro.

- Eu vejo com muita cautela. Uma denúncia dessa precisa ter muito respaldo para opinar e comentar. Só assino com a verdade nas mãos; através de documentos - enfatizou.

Cícero ressaltou que, no momento, não assinará a CPI por faltas de documentos para as investigações do suposto “mensalinho”.

O vereador e vice-presidente da Câmara Municipal Orlandino Farias, também criticou as denúncias de Renan e a proposta de criação de CPI de João Dantas. Vereador mais antigo na Casa com oito mandatos, Orlandino disse que desconhece algum vereador que tenha recebido dinheiro do “mensalinho”, citado por Rennan Trajano Farias na entrevista à Folha, para votar em projetos da prefeitura de Campina Grande, no governo do então prefeito, Veneziano.

Orlandino disse não ter conhecimento sobre o caso e que nunca ofereceram dinheiro para ele votar em projetos.

- Não tenho conhecimento nenhum, não sou homem para se vender e votar em projetos - disse

Em entrevista a Rádio Caturité AM, ele acredita que Rennan Trajano não citará nomes dos possíveis vereadores envolvidos no suposto mensalinho, se realmente for aberta uma CPI para investigar o caso.

- Se eu achar que a CPI tem fundamento eu posso assinar - finalizou o vereador, que está em seu sétimo mandato na Casa Félix Araújo.

Líder PMDB na Casa, e vice líder da oposição, o vereador Olímpio Oliveira, também desconhece as denúncias de vereadores envolvidos no “mensalinho” e ressaltou ser lamentável.

- Nós vivemos em um país que a cada dia nós temos uma denúncia mais surpreendente do que a outra. É lamentável porque quando isso acontece macula toda classe politica e o cidadão já não sabe mais em que acreditar. É muito ruim para um país em que o povo perde a esperança nos seus políticos – afirmou.


Ele comentou sobre nota publicada pelo ex-prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo, que afirmou existir por trás dessas denúncias motivações politicas.

- O ex-prefeito Veneziano, evidentemente, ele é responsável por tudo que fala – disse.

Olímpio ressaltou que acredita no nome de Veneziano para as eleições de 2016 a prefeito de Campina Grande.

- Eu vejo ainda o deputado federal Veneziano um nome muito forte- concluiu.


Aliado do prefeito Romero Rodrigues (PSDB), o presidente da CMCG, Pimentel Filho, afirmou que todos os parlamentares da Casa Félix Araújo se sentem atingidos pelas declarações do ex-tesoureiro Rennan Trajano, que revelou a suposta existência de “mensalinho” na Câmara.

Pimentel ressaltou que as contas de Veneziano não foram votadas na CMCG e que as declarações de Renna só mancharam o nome da Casa de Félix de Araújo.


O presidente falou que Campina Grande deseja que as denúncias sejam esclarecidas, ma garantiu que uma das acusações é inexistente. O ex-presidente da Câmara Municipal de Campina Grande Nelson Gomes Filho, foi outro que não deu crétto s denúncias feitas pro Rennan Trajano, sobre esquema de corrupção nas campanhas da família Vital do Rêgo e a existência de um “mensalinho” na CMCG.

O parlamentar destacou que provavelmente Trajano citou os nomes dos vereadores envolvidos para Justiça e acredita que a criação de uma CPI não terá um bom final.

- Já se falou tanto em CPI nessa Casa e até agora não vi funcionar nenhuma. Se for a criação de mais uma eu acredito que ficará como as outras. Infelizmente, no tempo que aqui estou eu não vi essa CPI nenhuma pelo final. Então, não acredito que essa terá um final feliz – disse. Ele espera que a posição da Mesa Diretora seja correta e diz que não assina pedido de CPI.

- Eu não assino. Não tenho porque assinar esse pedido de CPI e não vejo motivos para isso – falou.


O vereador afirmou que as denúncias contra vereadores da Casa Félix Araújo têm falhas. - Eu posso esclarecer um fato que não tem lógica. Nenhuma das contas do prefeito Veneziano foi julgada na minha administração, até porque disseram que tinha sido um dinheiro para aprovar contas e conta nenhuma foi aprovada. A primeira falha está aí – concluiu.


Severino Lopes

PB Agora

Correios vão abrir concurso público para cerca de 2 mil vagas


Vagas são para agente nas atividades de carteiro e operador de triagem.
Último concurso foi realizado em 2011 e teve 1,1 milhão de inscritos.





Os Correios estão finalizando os ajustes para a publicação do edital de abertura de concurso público para cerca de 2 mil vagas e formação de cadastro de reserva para o cargo de agente de Correios, nas atividades de carteiro e operador de triagem e transbordo (OTT). As informações são da assessoria de imprensa do órgão.

Os Correios ainda não informaram quando o edital do concurso será publicado, portanto ainda não há informações sobre prazo de inscrições e data das provas. Segundo órgão, a previsão é que os demais detalhes do concurso sejam divulgados até o final do próximo mês.
Agência dos Correios Perdizes
(Foto: Raphael Rios/G1)

As oportunidades serão para os estados de Amazonas, Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal.

Do total de vagas, 10% serão reservadas para pessoas com deficiência (PCD) e 20% para pessoas pretas e pardas (PPP). (Os termos preto e pardo são os utlizados oficialmente pelo IBGE).

Os candidatos aprovados nas provas de conhecimento serão submetidos a teste de esforço e, posteriormente, o exame médico admissional.

O salário inicial para os operadores de triagem e transbordo, somado à gratificação (GIP), chega a R$ 1.284. No caso dos carteiros, soma-se ainda o adicional de distribuição, elevando a remuneração para R$ 1.620,50.

Os admitidos terão benefícios como vale-alimentação/refeição (de R$ 971,96 a R$ 1.092,48), vale-transporte, auxílio-creche ou auxílio babá, além de adicionais - de acordo com o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) - e a possibilidade de adesão ao Plano de Previdência Complementar.




O cargo com maior número de inscritos foi o de atendente comercial, com 667.798 candidatos, seguido de carteiro, com 296.719. A concorrência para atendente comercial é de 293,93 candidatos por vaga.Último concurso
O último concurso dos Correios foi realizado em 2011 para 9,1 mil vagas em cargos de nível médio e formação de cadastro de reserva, sendo 2.272 para atendente comercial, 5.060 para carteiro e 1.014 para operador de triagem e transbordo. O salário era de R$ 807,29. A organizadora responsável pela seleção foi o Cespe/UnB.



Em junho de 2012, o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) autorizou osCorreios a ampliar o quadro de pessoal com a contratação de 9.904 funcionários. A empresa pode contratar os aprovados do concurso realizado em 2011 que estavam em cadastro de reserva para os cargos e localidades em que houve necessidade.

A autorização previa que o preenchimento das vagas fosse de forma escalonada, sendo 3.302 vagas para contratação imediata, a partir de 1º de julho, 3.301 a partir de 1º de janeiro de 2013 e 3.301 a partir de 1º de abril de 2013. Dessa forma, todas vagas oferecidas no concurso de 2011 foram preenchidas.

G1

G1

terça-feira, 28 de julho de 2015

Divulgada lista de inscritos para concurso do IFPB


Divulgada lista de inscritos para concurso do IFPB 
Nesta terça-feira (28), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFPB) divulgou a relação de candidatos inscritos no concurso público para técnico administrativo da instituição. Ao todo, foram 51.979 candidatos inscritos para concorrer às 123 vagas.

O maior número de inscritos foi registrado no cargo de auxiliar de biblioteca, com 15.343 candidatos disputando oito vagas, num total de 1.917 candidatos por vaga. O segundo cargo com mais inscritos é auxiliar em administração com 8.088 pessoas concorrendo às quatro vagas, o que dá um total de 2.022 pessoas por vaga.


Confira a lista completa aqui.

A prova objetiva será realizada em 23 de agosto. Os candidatos a cargos de níveis C e D devem fazer a prova das 8h às 12h e os de nível E, das 14h às 18h. A relação dos locais de prova vai ser divulgado até 12 de agosto no portal do IFPB.


PB Agora