sábado, 1 de novembro de 2014

Prazo para renovação do contrato semestral do Fies é prorrogado até 30 de novembro

O FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) prorrogou para o dia 30 de novembro o prazo para renovação semestral dos contratos do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) firmados no segundo semestre de 2013 e no primeiro e segundo semestres de 2014.


Os estudantes  devem fazer o aditamento de contrato online pelo SisFies (Sistema Informatizado do Fies). A medida está em portaria divulgada hoje (31) no Diário Oficial da União.


O Fies é destinado à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores privados, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação. O programa oferece cobertura de 50% a 100% do valor da mensalidade e juros de 3,4% ao ano. O contratante só começa a quitar o financiamento 18 meses depois de formado. O número de contratos formalizados desde 2010 já passa de 1,1 milhão.



UOL

Mike Tyson revela que sofreu abuso sexual

Mike Tyson revela que sofreu abuso sexual
 Mike Tyson revelou durante entrevista ao programa "Opie Radio", da Sirius XM, que sofreu abuso sexual de um estranho quando era criança e morador do Brooklyn, em Nova York. "Ele me pegou na rua. Eu era um garotinho... Ele era um homem velho. Ele me intimidou, abusou de mim sexualmente e outras coisas. Nunca o vi novamente", disse o campeão de boxe.

Tyson, que tinha sete anos na época do abuso, também admitiu que nunca havia contado a ninguém sobre o incidente infeliz, acrescentando: "Eu simplesmente segui com a minha vida." Quando perguntado se o ocorrido mudou sua vida, Tyson respondeu: "Eu não sei se isso mudou ou não. Às vezes eu me lembro, às vezes não. Mas não me sinto humilhado ou envergonhado de falar sobre isso".

Ego

Dois homens são presos durante operação policial no Brejo da PB

Dois homens são presos durante operação policial no Brejo da PB
 Uma operação em conjunto das polícias Militar e Civil prendeu dois homens de 21 anos na tarde de quinta-feira (30) no município de Areia, no Brejo da Paraíba. Eles são suspeitos de cometer vários assaltos na região, inclusive com invações a residências, fazendo famílias reféns, de acordo com informações repassadas pela Polícia Militar.

De acordo com a PM, durante a operação, que foi realizada para o cumprimento de um mandato de busca e apreensão em uma residência na Comunidade do Fogo, nove pessoas foram detidas, sendo quatro mulheres e cinco homens. Porém, depois que todos foram ouvidos, apenas dois homens permaceram na delegacia da cidade. Em seguida, eles foram encaminhados à cadeia pública, onde devem esperar a decisão judicial.

Na residência onde as pessoas foram encontradas, a polícia disse ter encontrado três aparelhos de televisão, dois revólveres, um calibre 38 e outro 32, um tablet, 13 celulares, várias alianças, colete balístico, pendrives e muitas munições. Ainda segundo a PM, todos os objetos podem ser frutos de roubo.

A Polícia recomenda que a população do município possa comparecer à delegacia, uma vez que os pertecentes roubados podem ser recuperados, assim como o reconhecimento dos suspeitos poderá ser realizado.


Redação com G1

Mídia nacional repercute partida da 2ª divisão da PB que acabou em briga

Mídia nacional repercute partida da 2ª divisão da PB que acabou em briga
site do Globo Esporte Nacional destacou na tarde desta sexta-feira (31) a briga que ocorreu na noite de ontem no Estádio da Graça em João Pessoa entre os jogadores e a comissão técnica dos times paraibanos Leonel e Lucena, pela Segunda Divisão do Paraibano.

De acordo com a matéria, os integrantes dos dois times trocaram socos, pontapés e xingamentos.


Veja a matéria na íntegra:


 Muitos socos, chutes, empurrões e voadoras. Mas não era uma cena de MMA. Até porque houve também sapatada (no caso, uma "chuteirada"), xingamentos e ação da polícia. Mas também não foi uma briga de rua. O que se viu foi uma violenta batalha na noite desta quinta-feira, no Estádio da Graça, em João Pessoa, durante o jogo entre Lucena e Leonel pela fase de mata-mata do Campeonato Paraibano da Segunda Divisão.

A partida estava 1 a 0 para o Lucena, e o resultado classificava a equipe para o triangular final da competição, que vai definir os dois clubes que jogarão a elite do futebol estadual em 2015. Perto do fim do jogo, jogadores e comissão técnica dos dois times se envolveram em uma grande confusão. O jogo foi paralisado por 10 minutos, e a bola só voltou a rolar após seis expulsões.


A confusão começou por causa de provocações entre os reservas do Leonel, time que estava sendo eliminado, e os atletas que haviam sido substituídos do Lucena. A situação piorou quando o zagueiro Alemão passou em frente ao banco de reservas do time de Campina Grande com destino aos vestiários e os insultos continuaram. Teve início então um forte bate-boca entre o defensor e o auxiliar técnico do Leonel, Mazinho Costa.

No minuto seguinte, o atacante Soares bateu no auxiliar técnico do Leonel com as suas chuteiras. E a confusão ficou generalizada. Em meio à briga, uma das chuteiras que o jogador usou para bater em Mazinho foi arremessada no telhado do Estádio da Graça, e o jogador ficou sem o calçado. Pouco depois, Soares levou uma voadora pelas costas, de um jogador do time adversário, não identificado pelas imagens ou pelo árbitro.

Todos os jogadores e comissão técnica das duas equipes entraram em campo para tentar separar os brigões. E para brigar também. A polícia chegou a ser acionada e também a pedir reforço, mas a situação foi controlada.


Para a turma do Leonel, a culpa começou por causa de "provocações desnecessárias" dos adversários:

- Alemão saiu de campo fazendo graça com a comissão técnica do meu time. Depois, ele soltou um palavrão com o Mazinho e perdeu a cabeça. O cidadão já está ganhando o jogo e se classificando, para que fazer este tipo de piadinha? - questionou o treinador do Leonel, Warisson Albuquerque, expulso devido ao tumulto.

Alemão se defende e diz que chegou à briga apenas num segundo momento:

- A confusão começou lá fora. Eu fui apartar e acabei levando um murro. Quando Mazinho tentou bater em Soares, errou e acertou em mim - se defendeu. Além do treinador do Leonel, também foram expulsos o auxiliar técnico Mazinho Costa e os jogadores reservas Rafael e Neto. Pelo Lucena, receberam cartões vermelhos Soares e Alemão.


No fim do jogo, os atletas do Lucena comemoraram a classificação para a fase final da competição sem nenhum transtorno.


Mesmo feliz com a vaga para a próxima etapa da competição, o treinador do Tubarão do Norte, Domício Leite, falou sobre o episódio e culpou a arbitragem pelo ocorrido.

- O árbitro da partida foi omisso. Ele deixou o jogo seguir com muita pancada, sem cartões, tinha muita gente no banco do Leonel. O que aconteceu aqui foi por causa da arbitragem - disparou.

O Lucena volta a campo no próximo domingo contra o Internacional de Teixeira, que se classificou após passar pelo Serrano. O jogo acontece em João Pessoa. O terceiro classificado para o triangular final da competição foi o Miramar.


Globo Esporte

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Dólar fecha em baixa, cotado a R$ 2,40

Dólar fecha em baixa, cotado a R$ 2,40
 O dólar fechou em baixa nesta quinta-feira (30) após o Banco Central surpreender e elevar a Selic em 0,25 ponto percentual, a 11,25% ao ano, citando maiores riscos à inflação.

A moeda norte-americana caiu 2,45%, a R$ 2,4079, na terceira baixa seguida. Veja a cotação . Foi a maior queda desde setembro de 2013, quando, no dia 18, o dólar recuou 2,89%.

Segundo a agência Reuters, a moeda chegou a ser cotada a R$ 2,3932 nas mínimas da sessão. Na semana, o dólar acumula baixa de 2% e no mês, de 1,64%. No ano, há valorização de 2,14%.


Já a Bovespa fechou em alta de 2,52% nesta quinta, a 52.336 pontos.


Para os investidores, a alta da taxa Selic alimenta expectativas de fluxo positivo ao Brasil e de que a condução da política econômica pode tomar rumo mais favorável aos olhos do mercado. A política econômica do governo de Dilma Rousseff, reeleita no domingo (26), recebeu fortes críticas por causar inflação elevada e baixo crescimento, em meio a uma política fiscal pouco transparente.

"O aumento dos juros dá uma animada no mercado por causa da expectativa de fluxo, mas principalmente porque é um indício de que o governo está mais preocupado com a inflação", afirmou à Reuters o gerente de câmbio da corretora Treviso, Reginaldo Galhardo.

A decisão do BC de aumentar os juros pegou o mercado no contrapé, em meio a amplas expectativas de que a Selic só voltaria a subir no ano que vem, num cenário de inflação elevada e atividade fraca.

O mercado aguardará mais pistas sobre como será a política fiscal nos próximos quatro anos para confirmar suas apostas sobre a política econômica. Também continuará no radar a nomeação do próximo ministro da Fazenda.

A expectativa de maior entrada de recursos estrangeiros no Brasil também ajudava na baixa no dólaro, com maior potencial de investimentos externos vindo para o Brasil em busca de mais rendimentos com a Selic maior.

Pelo terceiro dia seguido, o movimento do câmbio era turbinado também por fatores técnicos, com muitos investidores desfazendo apostas na alta do dólar que haviam sido montadas antes do segundo turno das eleições. Muitos analistas afirmam que a vitória de Dilma já havia sido precificada.

A perspectiva de que o presidente do BC, Alexandre Tombini, continue em seu cargo e estenda o programa de intervenções diárias no câmbio em 2015 também tem contribuído para a queda do dólar ante o real nos últimos dias.

Intervenção diária

Nesta manhã, o BC vendeu a oferta total de até 4 mil swaps cambiais, que equivalem a venda futura de dólares, pelas atuações diárias. Foram vendidos 3 mil contratos para 1º de junho e 1 mil para 1º de setembro de 2015, com volume correspondente a US$ 198 milhões.

O BC também vendeu a oferta total de até 8 mil swaps para rolagem dos contratos que vencem em 3 de novembro, rolando praticamente todo o lote, equivalente a US$ 8,84 bilhões. O próximo vencimento será em 1º de dezembro, equivalente a US$ 9,831 bilhões.

Na quarta-feira (29), o dólar fechou em baixa, influenciado pelo anúncio do Fed, o banco central dos EUA, de que não comprará mais ativos para estimular a economia dos Estados Unidos e que manterá as taxas de juros perto de zero.

Bayer Leverkusen anuncia amistoso com o Corinthians nos EUA

Bayer Leverkusen anuncia amistoso com o Corinthians nos EUA
 O Bayer Leverkusen anunciou nesta quinta-feira (30) que irá enfrentar Corinthians e Fluminense durante a Flórida Cup 2015, que será disputada nos EUA em janeiro, como parte da preparação dos clubes para a temporada. Segundo o time alemão, a competição será disputada entre Corinthians, Fluminense, Bayer Leverkusen e Colônia, também da Alemanha. Segundo o site do time alemão, no dia 15 de janeiro, o Corinthians enfrentará o Colônia, em Orlando (EUA), enquanto o Fluminense encara o Bayer.


Já no dia 17 de janeiro, o Corinthians vai a Jacksonville enfrentar o Bayer, enquanto Fluminense e Colônia disputam o jogo em seguida, de acordo com o clube alemão. Os alemães destacaram em seu site oficial o reencontro com Renato Augusto, que defendeu o Bayer até 2013, e Fred, que joga pelo Fluminense.


gerente de futebol Edu Gaspar já havia confirmado a negociação para uma excursão pelos EUA, mas não revelou quem seriam os adversários e tratava o assunto com cautela. Nos amistosos, o Corinthians não terá técnico.


O presidente do clube Mário Gobbi afirmou que o time vai realizar a próxima pré-temporada sem um novotreinador e, portanto, não renovará contrato com o Mano Menezes, atual técnico. De acordo com Gobbi, no início de 2015, o comando da equipe ficará a cargo dos auxiliares do clube Sylvinho, Fábio Carille e Alessandro.


tnonline.com.br

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Justiça suspende tramitação de Projeto de Lei Orçamentária na Assembleia Legislativa

Justiça suspende tramitação de Projeto de Lei Orçamentária na Assembleia Legislativa
  O juiz convocado do Tribunal de Justiça da Paraíba, Marcos William de Oliveira, determinou a imediata suspensão da tramitação da Mensagem nº 028/2014, enviada à Assembleia Legislativa pelo Governo do Estado, referente ao Projeto de Lei Orçamentária de 2015. Em decisão liminar, o magistrado determinou, ainda, que o governador envie novo projeto à Casa Legislativa ou proceda à complementação do atual, com a inclusão integral dos valores discriminados nas propostas orçamentárias do Poder Judiciário, Poder Legislativo, Ministério Público, Tribunal de Contas e Defensoria Pública.



A liminar foi concedida, em parte, pelo juiz convocado Marcos William no mandado de segurança impetrado pelo Procurador-Geral de Justiça, Bertrand de Araújo Asfora, contra o governador do Estado. No processo, o procurador acusa o chefe do Executivo de ter feito “consideráveis reduções nas propostas orçamentárias dos demais Poderes e instituições autônomas”, por meio da mensagem encaminhada no dia 30 de setembro à Assembleia.



De acordo com o procurador-Geral de Justiça, o valor da proposta orçamentária encaminhada ao Executivo pelo Ministério Público foi no valor de R$ 236.397.556,00. No entanto, o valor consolidado pelo Poder Executivo é de R$ 199.140.627,00 para atender o Parquet estadual.



O mesmo teria acontecido com os demais poderes e instituições autônomas: Poder Judiciário apresentou a proposta orçamentária de R$ 588.894.332,00 e o valor consolidado pelo Executivo no Projeto de Lei Orçamentária foi de R$ 486.761.791,00; Já o Poder Legislativo propôs R$ 298.339.000,00 e o consolidado foi de R$ 257.260.710,00; o do Tribunal de Contas foi de R$ 137.211.000,00 e o consolidado no valor de R$ 115.124.675,00 e, por fim, a Defensoria Pública propôs R$ 90.561.196,00 e o Poder Executivo consolidou na mensagem o valor de R$ 57.702.328,00.



Em seu parecer, o magistrado afirmou que “o proceder governamental – em manifesto descompasso com o figurino traçado pela Carta Federal e em dissonância categórica com a jurisprudência do STF – busca, suprimindo drasticamente os orçamentos encaminhados pelas instituições autônomas (Judiciário, Legislativo, MP, TCE e Defensoria Pública), cercear, restringir, amesquinhar, manipular e interferir no livre exercício das prerrogativas que lhes foram confiadas, outorgadas e deferidas pelo povo, que é verdadeiro detentor do Poder (parágrafo único do artigo 1º da CF), em contraponto com a ótica do Poder Executivo”.



E acrescentou: “Afinal, regras pessoais de administração ou prioridades para aplicação de recursos públicos são elementos extrínsecos ao mandamento constitucional, cujo cumprimento, sob juramento, é imperioso aosgestores da coisa pública, representantes do povo e magistrados de todas as instâncias”.



TJPB

Delegacias do interior do Estado serão equipadas para atender mulheres vítimas de violência

Uma parceria do Governo do Estado com o Programa de Cooperação da Delegação da União Europeia no Brasil possibilitará a entrega de 40 computadores para delegacias de municípios do interior do Estado que farão parte do Sistema Estadual de Atendimento a Mulheres Vítimas de Violência Doméstica e Sexual. A assessora do programa, Ana Almeida, disse que essa parceria feita com o Governo do Estado para implementação da Lei Maria da Penha (Lei 11.340/2006) em municípios de pequeno porte que não dispõem de delegacias especializadas da mulher é uma experiência piloto no País.


“Nós trabalhamos com governos locais e prefeituras e, neste sentido, é importante termos abertura para implementação de políticas públicas. O enfrentamento à violência doméstica é uma das prioridades e estamos com esta experiência piloto na Paraíba para estruturação das delegacias”, disse Ana Almeida.


A delegação da União Europeia no Brasil está co-realizando junto com Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana da Paraíba (SEMDH), Secretaria de Segurança e Defesa Social (SEDS), o Seminário Estadual - Implementação da Lei Maria da Penha na Paraíba: Uma ação coletiva, que acontece desta quarta-feira (29) até sexta-feira (31), no Hotel Verde Green, em João Pessoa.


A União Europeia é uma parceria econômica e política única entre os 27 países europeus. O Brasil foi um dos primeiros países com os quais a UE estabeleceu relações diplomáticas, iniciando esta relação em 1960 com a troca de missões diplomáticas formais. A UE e o Brasil também são parceiros estratégicos desde 2007, quando a UE reconheceu o Brasil como um dos seus principais interlocutores mundiais através da criação formal da Parceria Estratégica UE-Brasil.


Durante o evento será apresentado o Sistema Estadual de Atendimento a Mulheres Vítimas de Violência Doméstica e Sexual. A abertura do seminário, na noite desta quarta-feira (29), terá a presença da secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares, do secretário de Estado de Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, da delegada da Mulher de João Pessoa, Maísa Félix, além do Tribunal de Justiça e Ministério Público.


O Sistema Estadual de Atendimento a Mulheres Vítimas de Violência Doméstica e Sexual registrará todos os atendimentos de violência doméstica e sexual feito portodos os órgãos e organizações que atuam na Rede de Atenção às mulheres vítimas de violência na Paraíba.“Para implementação da Lei Maria da Penha precisamos de estruturação das delegacias, por meio de computadores e internet e de um sistema que uniformize o atendimento, além de sensibilizar delegados e policiais”, disse Gilberta Soares.


No evento serão capacitados delegados e policiais civis de 40 municípios onde não funcionam delegacias especializadas para fazer o atendimento de mulheres em situação de violência. Cada delegacia receberá computadores com o programa de Sistema de Informação instalado pela Codata. O sistema será apresentado nesta quinta-feira (30) pelos gestores e equipe da Codata.


A capacitação de policiais e operadores de Segurança Pública é uma das normativas da Lei Maria da Penha, que prevê que o atendimento possa ser feito em qualquer delegacia e só em casos de urgência encaminhado para delegacias especializadas.


A parceria do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana e da Secretaria de Segurança e Defesa Social, com a Delegação da União Europeia no Brasil foi incentivada pela Cunhã Coletivo Feminista e busca fortalecer as ações de interiorização da aplicação da Lei Maria da Penha (Lei 11.340/2006) com os/as operadores/as da Segurança e Justiça.


Secom-PB

Governo do Estado adquire 320 coletes à prova de balas para agentes penitenciários

Governo do Estado adquire 320 coletes à prova de balas para agentes penitenciários
 O Governo do Estado, por intermédio da Secretaria da Administração Penitenciária (Seap), recebeu nesta terça-feira (28) um lote de 320 coletes balísticos, adquiridos com recursos próprios para equipar os agentes penitenciários que trabalham diretamente nas escoltas e transportes de apenados e atuam na Força Tática Penitenciária (FTPen) e Grupo Penitenciário de Operações Especiais (Gpoe). Foram investidos R$ 195,2 mil na aquisição dos equipamentos.

Segundo o secretário da Administração Penitenciária, Wallber Virgolino, o Governo do Estado vem buscando melhorar as condições de trabalho e de segurança dos agentes penitenciários, adquirindo equipamentos e aparelhos de última geração. “Todos os dias a Seap é abrangida com algum equipamento tático ou tecnológico, ou então com cursos profissionalizantes para os apenados. Hoje chegaram os coletes balísticos, amanhã certamente chegarão os bloqueadores de celular e mais equipamentos tecnológicos”, informou, ressaltando que o sistema prisional paraibano é um dos mais organizados e mais preparados taticamente para enfrentar o crime organizado dentro das unidades prisionais.

Wallber comentou ainda que foram adquiridos três kits de arrombamento tático, cada um composto por um aríete, que serve para quebrar paredes, portas e grades; uma ferramenta multifuncional, que serve como alavanca e para escavar algum local específico; e um alicate industrial, utilizado para cortar correntes grossas, cadeados e outros objetos.

Além dos coletes balísticos, outros equipamentos estão sendo adquiridos pelo Sistema Penitenciário da Paraíba (Sispen – PB). São armamentos (pistolas, escopetas calibre 12 e fuzis), coturnos, capacetes balísticos, escudos balísticos, munições letais e não-letais, granadas e lançadores de granadas, que deverão chegar até o início do ano que vem.

PBAgora

UFPB realiza triagem gratuita para pessoas que gaguejam

UFPB realiza triagem gratuita para pessoas que gaguejam
 O Departamento de Fonoaudiologia da UFPB realizará, nesta quinta-feira (30), a I Semana de Atenção à Gagueira da UFPB. As ações fazem parte das comemorações do Dia Internacional de Atenção à Gagueira (DIAG 2014), comemorado no último 22 de outubro, e contam com a apoio do Conselho Regional de Fonoaudiologia (4ª Região), Associação Brasileira de Gagueira e Instituto Brasileiro de Fluência (IBF).


O tema central da campanha deste ano é “Gagueira e Mercado de Trabalho”. Foram propostas ações e discussões pautadas na intervenção, pelo fonoaudiólogo, do sujeito que gagueja, assim como estratégias de acolhimento e sensibilização da sociedade perante este grupo. Todas as ações serão voltadas para fonoaudiólogos, estudantes de Fonoaudiologia, pessoas que gaguejam, familiares de pessoas que gaguejam e quem mais desejar conhecer sobre a temática.


A grande ação da campanha da Gagueira na Paraíba está prevista para esta quinta-feira (30) a partir das 14h. A Universidade realizará triagem (avaliação) para pessoas (crianças, jovens e adultos) com queixa de gagueira na Clínica Escola de Fonoaudiologia da UFPB, com encaminhamento posterior para tratamento gratuito deste público.


Na sexta-feira (31), os participantes do curso realizarão ações, das 8h às 17h, de promoção de saúde e educação frente a pessoas que gaguejam em escolas do município de Cabedelo/PB. Por fim, no sábado (31), das 8h às 18h, será promovido o curso sobre “Distúrbios da Fluência: Etiologia, Diagnóstico Diferencial e Terapia”, para fonoaudiólogos e estudantes de Fonoaudiologia, com a presidente do Instituto Brasileiro de Fluência, Fga. Dra. Anelise Junqueira Bohnen, no Auditório do Complexo de Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional da UFPB.


UNIPÊ Na Unipê, também nesta quinta-feira (30 de outubro), às 18h30, acontecerá o FonoCine, com a exibição do Filme "O Discurso do Rei" mais Roda de Conversa sobre Gagueira" no Auditório do Espaço de Vivência Acadêmica (EVA) do Unipê. E, na sexta-feira (31), às 20h, também no Auditório do Espaço de Vivência Acadêmica do Unipê, será realizada a Palestra “Gagueira e Mercado de Trabalho”, com a presidente do Instituto Brasileiro de Fluência, Anelise Junqueira Bohnen, do Rio Grande do Sul.


Ascom

PF faz operação contra pornografia infantil

PF faz operação contra pornografia infantil
 A Polícia Federal (PF) deflagrou na madrugada desta quarta-feira (29) a Operação "Infância Segura II”. São cumpridos 40 mandados de busca e apreensão em 27 diferentes cidades brasileiras a fim de combater a pornografia infantil na internet. A operação é conduzida pela Delegacia da Polícia Federal em Uberlândia.


Segundo a polícia, todos os 40 mandados foram cumpridos e oito pessoas presas em flagrante por estarem com material pornográfico infantil. As prisões foram em Montes Claros (MG), Araraquara (SP), Guaíra (PR), João Pessoa (PB), São Luiz (MA), Vitória (ES), Paragominas (PA) e Porto Alegre (RS).


Segundo o delegado Carlos Henrique Cotta DÂngelo, além do Brasil, a operação também ocorre no exterior. O delegado também afirmou que o foco das apreensões não é na cidade do Triângulo Mineiro. “Uberlândia e região não tinham alvos específicos dessa operação. Não teve nenhuma pessoa presa na cidade”, disse.

Carlos DÂngelo ressaltou que a operação foi conduzida por Uberlândia, pois há alguns meses a PF da cidade investigou um crime e chegou nessa rede de pornografia infantil.

Uma pessoa de Uberlândia, que já está presa há seis meses, cooperou com a polícia para desarticular um grupo secreto que utilizava um aplicativo de compartilhamento de dados para trocar imagens de pornografia infantil entre os membros.

A PF informou que em diante dos dados trafegados serem criptografados, os membros se sentiam a vontade para cometer os crimes, uma vez que o administrador do aplicativo não poderia bloquear o conteúdo ilícito, nem notificar as autoridades, conforme determina a legislação. “Quem está compilando os dados é o pessoal de Brasília. Cada cidade cumpre uma demanda e a Justiça já contactou cada região, onde tem mandados de busca e apreensão para que os presos sejam julgados nas respectivas comarcas”, concluiu o delegado.


G1

Deputado é assaltado após realizar saque em João Pessoa e bandidos fogem atirando

Deputado é assaltado após realizar saque em João Pessoa e bandidos fogem atirando
 O deputado estadual Domiciano Cabral (DEM) foi assaltado quando chegava a casa onde mora no bairro do Bessa, em João Pessoa, na tarde desta quarta-feira (29). Até as 17h, ninguém havia sido preso.


De acordo com o amigo dele, Geraldo Veras, Cabral havia feito um saque em uma agência bancária da Capital e voltou com o dinheiro para casa, de carro, acompanhado do motorista. Ao chegar à entrada da residência, já no Bessa, dois homens armados abordaram o motorista e roubaram o envelope de Domiciano que continha o dinheiro sacado.


Após a ação, os criminosos ainda atiraram contra o carro do deputado, mas ninguém ficou ferido. Os bandidos fugiram em uma moto modelo 360 de cor verde e até o fim da tarde não haviam sido localizados.


Geraldo não soube precisar se Cabral registrou a ocorrência na delegacia porque o deputado precisou embarcar para São Paulo.


PBAGORAcom Correio

TJ divulga sentenças de improbidade

TJ divulga sentenças de improbidade
 Os juízes que integram o grupo especial da Meta-4 do Conselho Nacional de Justiça, atuando nos processos de ação de improbidade administrativa e crimes contra a administração pública, julgaram 68 processos, que resultaram na condenação de 24 ex-prefeitos, além do ex-diretor da Emlur, Alexandre Urquiza de Sá e os empresários Mauro Bezerra da Silva, Alexandre Mariz Maia, Alfredo Gomes Chacon Neto e Rosa Vírginia de Araújo Moura, todos da Limpfort. Outro agentes públicos foram condenados.


O grupo especial de juízes e assessores julgou 68 (sessenta e oito ) processos que estão relacionados abaixo com a identificação dos réus, suas sanções e os que foram condenados, e também os que foram absolvidos.


Foram condenados os seguintes ex-prefeitos dos seguintes municípios: Abmael de Souza Lacerda (Dr. Verissinho), de Pombal; José Zito de Farias Andrade, de Nova Floresta; Sebastião Tavares de Oliveira, de Itabaiana; José Vivaldo Diniz, de Lastro; ; Iracema Nelis de Araújo, de São José do Sabugi; Jarbas Correia Bezerra, de Livramento; Jeane Nazário dos Santos, de Caaporã; Robério Andrade de Vasconcelos, de Zabelê; José de Arimateia Anastácio Rodrigues de Lima, de Livramento; Temístocles de Almeida Ribeiro, de Conde; José Feliciano Filho, de Sapé; Maria Luiza do Nascimento Silva, de Sapé; e, José da Costa Maranhão, de Borborema.


Também foram condenados, Jaciel Vieira da Silva, ex-presidente da Câmara Municipal de Sertãozinho, mais 06 servidores públicos, e mais um oficial de justiça.

As penas envolvem aplicação de multa, perda de função pública, ressarcimento, suspensão dos direitos políticos e proibição de contratar com o Poder Público. Cada sentença analisa individualmente a situação de cada um dos acusados. No âmbito penal, há penas de reclusão e detenção.


O grupo especial é formado pelos juízes João Batista de Vasconcelos, Jailson Shizue Suassuna, Fábio José de Oliveira Araújo, Diego Fernandes Guimarães, Claudio Pinto Lopes, Algacyr Rodrigues Negromonte, Manuel Maria Antunes de Melo, Keops de Vasconcelos Amaral Vieira Pires e Hugo Gomes Zaher, é coordenador pelo juiz Aluizio Bezerra Filho, e tem como gestor da Meta o desembargador Leandro dos Santos.


trabalho desenvolvido alcançou todas as comarcas do Estado, importando na tramitação prioritária desses processos e o julgamento dos que se encontram regularmente instruídos.


 Ascom

Polícia define esquema de segurança para o Enem 2014

Polícia define esquema de segurança para o Enem 2014
 A Polícia Militar utilizará um efetivo de 1.500 policiais para garantir a segurança da aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio 2014 (Enem), nos dias 8 e 9 de novembro. O esquema de policiamento foi definido nesta quarta-feira (29) e tem como base o número de cidades que vão sediar o Enem este ano na Paraíba. A operação começará no próximo dia 5 e se prolonga até o dia 10.

O exame será aplicado em 58 municípios, 11 a mais em relação ao ano passado. Com o aumento do número de cidades, o efetivo recebeu um incremento de 300 policiais em comparação com o que foi escalado na edição de 2013, quando foram empregados 1.200 homens e mulheres da instituição na segurança do Enem.

A operação começa com a escolta dos carros que transportarão os malotes de provas dos batalhões do Exército, em João Pessoa e Campina Grande, até os locais de aplicação dos testes. O mesmo esquema será utilizado também no retorno dos gabaritos dos candidatos.

O planejamento da segurança para o Enem inclui ainda o reforço do policiamento em todas as cidades onde será aplicado o exame e a permanência de, no mínimo, dois policiais militares nos locais de prova.

O coordenador de planejamento da Polícia Militar, tenente-coronel Montgomery Silva, disse que a instituição está pronta para garantir a segurança do Enem em todo Estado. “O planejamento já foi definido, levamos em conta o aumento de cidades que aplicarão as provas este ano aqui na Paraíba e até o início da operação estaremos realizando os ajustes que forem necessários para garantir a total segurança do Enem 2014”, destacou.

Das cidades que realizarão as provas na Paraíba, 177 ficam localizadas na Região Metropolitana de João Pessoa, 171 na Região de Campina Grande e 103 no Sertão. A operação do Enem envolve outros três órgãos: Correios, Exército Brasileiro e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).

Operação 2013 – No ano passado a operação terminou com quatro ocorrências registradas e três pessoas presas. Em João Pessoa, Bayeux e Catolé do Rocha, a PM recebeu chamados de ocorrências de perturbação de sossego (som alto próximo dos locais de provas). Já na cidade de Campina Grande, três pessoas foram presas em flagrante arrombando carros de candidatos.


Secom-PB

Mais de 3 milhões de candidatos já acessaram cartão do Enem, de acordo com o Inep

Mais de 3 milhões de candidatos já acessaram cartão do Enem, de acordo com o Inep
 Mais de 3 milhões de candidatos da edição de 2014 do Exame Nacionaldo Ensino Médio (Enem) já acessaram o cartão de confirmação das provas. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), entre a tarde de segunda-feira (27) e as 17h15 desta quarta (29), 3.005.172 de candidatos já haviam checado seu local de provas, o equivalente a 34% do total de inscritos nas provas do Ministério da Educação. Para acessar o cartão, é preciso informar o CPF e a senha de login no site de inscrições do Enem. O acesso é individual.


O Enem 2014 acontece nos dias 8 e 9 de novembro. Segundo o MEC, o envio dos cartões pelos Correios também terá início nesta segunda-feira. A versão enviada pelo correio é a mesma que pode ser acessada pelainternet.


cartão confirma o endereço e o local de provas de cada candidato, mas não é obrigatório apresentá-lo no dia do exame para poder fazer as provas. Ele também informa se o candidato fará a prova de linguagens com questões em espanhol ou inglês (de acordo com a escolha no ato da inscrição), se ele se inscreveu para o Enem para conseguir o certificado de conclusão do ensino médio e/ou se terá acesso a atendimento especial (no caso de deficientes) ou específico, no caso de gestantes, lactantes, idosos e sabatistas, por exemplo.

Quem não receber o cartão, não conseguir imprimir pela internet ou constatar algum erro no documento deve entrar em contato com o Inep pelo telefone 0800-616161. No Acre, os cartões que forem devolvidos aos Correios ficarão disponíveis para retirada do próprio candidato até o dia da prova, nos endereços das duas unidades da empresa em Rio Branco.

Neste ano, o Enem tem mais de 8,7 milhões de candidatos com a inscrição regularizada e que, segundo o Ministério da Educação, poderão participar das provas nos dias 8 e 9. O número é 21% mais alto do que na edição de 2013 do exame.


Realização das provas

Assim como nos anos anteriores, o Enem ocorrerá em dois dias seguidos. No sábado, dia 8 de novembro, os participantes farão as provas de ciências humanas e ciências da natureza, das 13h às 17h30 (horário de Brasília). No domingo, dia 9 de novembro, serão aplicadas as provas de linguagens e códigos, matemática e redação. Nessa data, o tempo do exame será mais longo, entre as 13h e as 18h30 (horário de Brasília).

Segundo o MEC, serão impressas 18,3 milhões de provas (incluindo normal, ampliada, ledor e braile – estas três últimas, para quem tem diferentes graus de deficiência visual) em 1.699 municípios do país. Este ano, 785 mil funcionários vão ajudar na realização do Enem, entre coordenadores de locais de aplicação, assistentes de coordenação, chefes de sala, fiscais e apoio. Em todo o Brasil, haverá 16,6 mil locais de exame.

G1