sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Treze estados e o DF adotam Lei Seca no segundo turno; PB tem lei diferenciada

Treze estados e o DF adotam Lei Seca no segundo turno; PB tem lei diferenciada
 Pelo menos 14 estados, além do Distrito Federal, adotarão a Lei Seca no segundo turno das eleições, domingo (26) próximo.

A juíza da 31ª Zona Eleitoral, Isabelle Braga Guimarães de Melo, baixou portaria determinando Lei Seca no segundo turno das eleições, nos municípios de Pombal, Paulista, Cajazeirinhas, São Domingos, São Bentinho e Lagoa.


Apesar da decisão da juíza, os estabelecimentos comerciais que são vinculados à Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) poderão vender bebidas alcoólicas em todo o estado. Já prevendo eventual portaria a ser publicada pela Secretaria de Segurança do Estado e pela Justiça Eleitoral estabelecendo a Lei Seca, a Abrasel entrou na Justiça com um mandado de segurança preventivo, com pedido de liminar, contra a possível proibição.


O juiz João Batista Barbosa acolheu o pedido de liminar e em seu despacho, entendeu que na ausência de previsão legal “no sentido de proibir a comercialização de bebida alcoólica no dia de eleições” liberou à venda na Paraíba. Decisão isenta os associados à Abrasel da proibição.


Como não há lei nacional proibindo a venda de bebidas alcoólicas, a decisão fica a critério da Secretaria de Segurança Pública de cada estado. Em três estados, a proibição da venda de bebidas começa sábado (25): no Maranhão, a partir das 18h, no Amapá, às 20h e, no Amazonas, às 22h.


No Distrito Federal e nos estados de Mato Grosso do Sul, Roraima, Alagoas, do Pará, Piauí e Ceará, a proibição começa a valer no início da madrugada de domingo. Em Minas Gerais, no Paraná e no Rio Grande do Norte, a restrição será a partir das 6h de domingo.


No Acre, a assessoria da Secretaria de Segurança Pública não soube informar o horário de início da proibição.


Nos estados do Rio Grande do Sul, Espírito Santo, de Santa Catarina, Pernambuco, Goiás e Mato Grosso, a venda de bebidas no dia de votação será livre. Já em Rondônia e no Tocantins, haverá restrição em algumas zonas eleitorais, mas não em todo o estado.


Os governos do Rio de Janeiro, de São Paulo e Bahia ainda não decidiram se será proibida a venda de bebida alcoólica no dia da eleição.


Agência Brasil

Último debate das eleições 2014 é marcado por acusações, poucas propostas e volta ao passado

Último debate das eleições 2014 é marcado por acusações, poucas propostas e volta ao passado
 O debate realizado na noite desta quinta-feira (23) foi o último destas eleições e contemplou a disputa no segundo turno para governador da Paraíba. Os candidatos Cássio Cunha Lima (PSDB) e Ricardo Coutinho (PSB) mantiveram o mesmo comportamento de debates anteriores, com muitas farpas e poucas propostas apresentadas.

Ambos os postulantes comentaram sobre obras, projetos e problemas das gestões passadas em especial aos pontos negativos de cada gestão.


O passado esteve mais presente nos discursos nas perguntas e respostas. No entanto, as promessas e propostas, fato principal de existir um debate não aconteceu, assim poucos comentários sobre ideias e muitas trocas de farpas.


Propostas 

O candidato tucano destacou metas ousadas como bolsa/poupança para alunos do ensino médio, ampliação do ensino integral nas escolas públicas, revisão do PCCR (plano de Cargos, Carreira e Remuneração) da educação e autonomia da UEPB (Universidade Estadual da Paraíba).


O postulante à reeleição, o socialista disse que deve seguir com os projetos em andamento e destacou sua administração em parceria com o Governo Federal.


Nas considerações finais, Cássio pediu para que a população refletisse na parceria entre governo estadual e federal com uma vitória dele e do seu candidato à presidência Aécio Neves (PSDB) fato que para ele ajudaria como nunca antes na história, no desenvolvimento da Paraíba e lamentou o nível do debate.


"A Paraíba pode ter sua dívida quitada com o Governo Federal caso a parceria seja completa com a vitória de Aécio meu amigo-irmão e a minha", disparou o tucano.


Ricardo também pediu apoio para reeleição dele e de Dilma Roussef (PT) e se comprometeu a fazer o melhor mandato da sua vida.


 "Faria tudo de novo porque fiz o certo. Fui reconhecido pelo trabalho para aqueles que mais precisam. Fui corajoso em cortar privilégios onde antes, o governante fazia tudo que se queria", atacou Ricardo.


PB Agora

RC nega dificuldade em se reeleger e pontua: “Meu Governo é avaliado positivamente por 73% da população”

RC nega dificuldade em se reeleger e pontua: “Meu Governo é avaliado positivamente por 73% da população”
Faltando poucos dias para o segundo turno das eleições, o governador Ricardo Coutinho (PSB), concedeu entrevista ao PB Agora nesta quinta, 23, e reclamou da grande quantidade de mentiras proferidas pelos seus concorrentes durante a disputa eleitoral e lamentou a elaboração de jornais apócrifos produzidos contra a sua candidatura. O socialista disse que na eleição será feita uma distinção de projetos e fez um alerta para que a sua militância não desanime nas poucas horas que restam até a hora do voto.

Para Ricardo Coutinho, o seu projeto saiu vitorioso na primeira etapa da disputa e será reconhecido no segundo turno das eleições estaduais.


“Eu acho que não tenho tido dificuldades, eu vou dizer por que: o meu Governo é aprovado por 73% da população, se pegar aquela pesquisa do IBOPE, ou qualquer outra pesquisa inclusive algumas que estão sendo divulgadas com a avaliação de Goveno, você chega a conclusão que o Governo varia de 71 a 73% de aprovação”, argumentou Ricardo que participa nesta quinta, 23,do seu ultimo debate na TV Cabo Branco contra o seu adversário o senador Cássio Cunha Lima (PSDB).


O candidato a reeleição disse que a população teve mais facilidade de entender o significado dos projetos expostos.


“Eu creio que amadureceu na população, um sentimento que: ou a Paraíba vai adiante ou retrocede e estou muito satisfeito com o andamento da campanha”, avaliou.


RETA FINAL: Coutinho mandou um recado para a sua militância: “Faço um apelo para que todos aqueles que estão conosco possam se esforçar até as 17h de domingo, para que a gente multiplique apoio e possa construir uma vitória histórica contra os setores mais atrasados que fazem política dentro do nosso Estado”, argumentou.


PB Agora

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

"Meu bem" esfaqueia individuo e acaba preso








"Meu bem", outra vez na Cadeia


O SAMU SOLICITOU UM APOIO POR VOLTA DAS 18H30MIN DESTA QUARTA-FEIRA , ONDE UM INDIVIDUO FOI ATINGIDO POR ARMA BRANCA. A RADIO PATRULHA DE ESPERANÇA INFORMA QUE POPULARES ACIONARAM A VIATURA DE ESPERANÇA, INFORMANDO QUE UM TAL DE | MEU BEM| TERIA ESFAQUEADO ( ARMA BRANCA) UM INDIVIDUO NO BAIRRO DO CATOLÉ, EM ESPERANÇA, E A GUARNIÇÃO LOCAL DIRIGIU-SE ATÉ O LOCAL INDICADO. REALIZANDO A PRISÃO DO ACUSADO E CONDUZINDO PARA SER AUTUADO NA DELEGACIA LOCAL POR HOMICÍDIO NA FORMA TENTADA.


INFORMAÇÕES: TENENTE FLORISTAN



Coligação de RC protocola AIJE contra Cássio por abuso dos meios de comunicação

Coligação de RC protocola AIJE  contra Cássio por abuso dos meios de comunicação
 Advogados da Coligação A Força do Trabalho do Governador Ricardo Coutinho protocolou na tarde de hoje uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral em Face do Sistema Paraiba de Comunicação e Cassio Cunha Lima por abuso dos meios de comunicação em favor do candidato Cássio . A ação tem além do senador Cássio Cunha Lima, Ruy Carneiro, o sistema Paraiba ( Tv Cabo Branco e jornal da Paraíba) a empresa Mix e mais outras 13 pessoas , a maioria jornalistas que segundo Coligação estariam engajados de pulverizar na imprensa Paraibana ofensas ao Governador Ricardo afim de favorecer a candidatura de Cássio.

A AIJE foi coordenada pelo Advogado Fabio Rocha e teve a colaboração dos advogados Jonas Verás , Alexandre Cavalcante e Francisco Ferreira entre outros. Segundo um dos advogados do governador , estarprovado a forma tendenciosa que a TV Paraíba vem atuando nesse pleito de 2014. Nessa ação foram juntados provas de jornais com edições antes do rompimento de Cássio com Ricardo Coutinho e após o rompimento .

" Antes de Cássio romper , não havia uma única ofensa ao governador Ricardo nem a seu governo e após o anúncio da candidatura de Cássio esse sistema de comunicação passou a tecer várias críticas ao governador Ricardo Coutinho e elogios ao senador Cássio durante toda campanha . Chegaram ao cúmulo de divulgar uma pesquisa em capa de jornal afirmando que havia empate entre o governador Ricardo e Cássio , quando na verdade o governador Ricardo nessa consulta de votos estava a 6 pontos a frente do tucano, disse um dos juristas que assinou a ação . Formou-se através desse sistema de comunicação que juntamente com mais alguns " blogueiros, uma equipe de cabos eleitorais para denegrir a imagem de Ricardo e favorecer a candidatura de Cássio , concluiu a equipe de advogados que esteve presente do TRE .


   Francisco Ferreira Advogado


Redação com assessoria

Cássio Cunha Lima e Ricardo Coutinho se enfrentam no último e decisivo debate eleitoral promovido pelas TVs Paraíba e Cabo Branco

Cássio Cunha Lima e Ricardo Coutinho se enfrentam no último e decisivo debate eleitoral promovido pelas TVs Paraíba e Cabo Branco
 Tucano e socialista frente a frente. A quatro dias do segundo turno das eleições para governador da Paraíba, o candidato à reeleição Ricardo Coutinho (PSB), e o senador Cássio Cunha Lima, postulante ao Palácio da Redenção pelo PSDB, se enfrentam no último e decisivo debateeleitoral. Aguardado com muita expectativa, o debate promovido pelas TVs Branco e Paraíba, promete ser tenso, e acirrar ainda mais a corrida pelo governo do Estado, na reta final da campanha. O confronto acontece na noite de hoje, ao vivo, após a novela “Império”, e também será transmitido pela rádio CBN João Pessoa. Como no encontro realizado pelas emissoras no primeiro turno, o debate desta quinta será mediado pelo jornalista da Rede Globo José Raimundo.

Esta será a última oportunidade para os candidatos apresentarem as suas idéias e propostas e convencerem os eleitores ainda indecisos, do voto, a quatro dias do pleito.

As regras do debate foram previamente apresentadas para as equipes dos candidatos. Ele contará com três blocos, sendo um com tema livre, outro com tema determinado e o último voltado para considerações finais. Ricardo e Cássio farão perguntas entre si. Eles terão 30 segundos para o questionamento, um minuto e meiopara respostas, um minuto de réplica e mais um de tréplica.

Devido ao horário de verão, o confronto entre os candidatos será exibido mais cedo, a partir das 21h30. Devido o acirramento da disputa, a expectativa é que o debate seja tenso, porém de alto nível. Cássio e Ricardo garantem que vão aproveitar o espaço da Rede Paraíba de Televisão para apresentarem propostas. O primeiro debate do segundo turno entre o tucano e o socialista, promovido pela TV Correio, foi marcado por denúncias, acusações, troca de farpas, e poucas propostas.

Severino Lopes

PBAgora

Fla se reabilita com vitória em casa e tira Inter do G-4

Fla se reabilita com vitória em casa e tira Inter do G-4
Após ter a sequência de vitórias quebradas na última rodada, o Flamengo superou o Internacional e se reabilitou nesta quarta-feira, no Maracanã, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em um jogo fraco tecnicamente, os cariocas aproveitaram as poucas oportunidades que tiveram para marcar duas vezes e garantirem o 2 a 0 no marcador. Os dois gols foram anotado pelo meia-atacante Gabriel.


Com a vitória, o Flamengo continua na chamada "zona de confusão", nome dado por Vanderlei Luxemburgo. Os cariocas estão na nona posição, com 40 pontos, longe da degola e também distantes de uma vaga para a Libertadores. Já o Inter sofreu grande prejuízo com a derrota. Os gaúchos foram ultrapassados pelo Corinthians e deixaram o G-4, aparecendo apenas em quinto lugar, com 50 tentos conquistados.


Flamengo e Internacional fizeram um primeiro tempo morno no Maracanã. Com muita marcação e erros de passe, cada equipe teve apenas uma oportunidade de gol, mas bem defendida pelos goleiros. Aos 12min, Nilmar recebeu de Alan Patrick e bateu rasteiro, mas Paulo Victor fez milagre. Aos 18min, o flamenguista Gabriel escapou pela intermediária e tentou bater colocado. Alisson, mesmo adiantado, deu um tapa na bola e salvou o Inter.


Em busca da vitória, Vanderlei Luxemburgo apostou na entrada Luiz Antonio no lugar de Márcio Araújo. A alteração surtiu efeito, o Flamengou começou a dominar a partida e, aos poucos, assustava. A primeiraoportunidade aconteceu aos 7min, quando Eduardo da Silva bateu e Alisson fez ótima defesa, no rebote, Everton mandou por cima da meta. O gol flamenguista estava amadurecendo e saiu aos 25min. Nixon recebou na esquerda e cruzou na segunda trave para Gabriel, sozinho, completar para as redes.


Incomodado com a derrota, Abel Braga tentou responder e colocou os atacantes Wellington Paulista e Rafael Moura, no lugar de Jorge Henrique e Alex, respectivamente. O Inter ainda esboçou uma pressão, mas deixou espaços e viu o Flamengo matar o jogo no final da partida. Aos 45min, Léo Moura bateu, mas a zaga travou o chute. No rebote, Gabriel arrematou forte e fez o segundo dele.


Na próxima rodada, o Flamengo faz o clássico carioca contra o Botafogo, sábado (25), às 21h, na Arena da Amazônia. Já o Internacional recebe o Bahia, no mesmo dia e horário, no Beira-Rio, em Porto Alegre.


Terra

Governo inaugura delegacias de Polícia Civil no Brejo paraibano

Governo inaugura delegacias de Polícia Civil no Brejo paraibano
 Nesta quinta-feira (23), o Governo do Estado inaugura duas novas estruturas para a Polícia Civil na região do Brejo: a sede da Delegacia Seccional de Guarabira e a Delegacia Municipal de Mari. As inaugurações acontecem às 10h e 16h, respectivamente.


A primeira unidade é formada por dois blocos, com uma sala destinada à Central de Flagrantes, outras para 1ª e 2ª Delegacias Distritais, Delegacia da Mulher e Grupo Tático Especial (GTE). O prédio cedido pela Secretaria de Educação foi todo reformado para receber a Seccional, totalizando um investimento de R$ 135.565,00. O local ainda possui cozinha, auditório, xadrez e banheiro com acessibilidade. O endereço é Travessa Londônio de Bulhões, s/n, bairro do Cordeiro, na saída para Pilõezinhos.


A delegacia de Mari, que é subordinada à 5ª Área Integrada de Segurança Pública, sediada em Santa Rita, vai funcionar em prédio próprio, no qual foram investidos R$ 313.990,44 em construção. A unidade da Polícia Civil na cidade fica na Rua Manoel Gomes de Sousa, s/n, Centro, e tem recepção, sala do delegado, cartório, xadrezes, sala de apoio para a Polícia Militar e alojamento para as equipes.


Inauguração em Alhandra – Na sexta-feira (24), também será entregue à população a Delegacia Seccional de Alhandra, no Litoral Sul do Estado. O prédio alugado pelo Governo do Estado vai funcionar na Rua das Maravilhas, 826, bairro Nova Alhandra, que fica em frente à praça da entrada da cidade, abrigando ainda a Delegacia Municipal e o plantão do Litoral Sul. O funcionamento será de 24 horas, abrangendo os municípios de Conde, Pitimbu, Caaporã e Pedras de Fogo.


Cada delegacia conta com uma sala para o delegado, cartório e banheiro e uma sala para o Núcleo de Homicídios que será implantado. A Seccional também tem sala para reuniões, local para realizar mini cursos, alojamentos masculinos e femininos, cozinha, área de serviço e três celas para homens, mulheres e adolescentes.


PBAGORA com Assessoria

Inscritos podem acessar cartão de inscrição do Enem a partir do dia 27

Inscritos podem acessar cartão de inscrição do Enem a partir do dia 27
 A partir da próxima segunda-feira (27), os cartões de confirmação de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estarão disponíveis na página do exame na internet. Para ter acesso, o estudante deve oinformar  o CPF e a senha escolhida na hora da inscrição.


Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), também a partir da próxima semana, começarão a chegar aos endereços informados pelos candidatos os cartões enviados pelo correio.


O documento de confirmação traz os dados pessoais do participante – nome, CPF, número de inscrição no Enem, data, hora e local das provas, opção de língua estrangeira (inglês ou espanhol), necessidade de atendimento especializado ou específico (quando houver) e indicação de solicitação de certificação do ensino médio (se for o caso).


Aqueles que acessarem o cartão pela internet deverão conferir as informações antes de imprimi-lo. Caso cartões enviados pelo correio sejam devolvidos, o Inep entrará em contato com os candidatos por meio de SMS e mensagem eletrônica, por celular e e-mail.


Segundo o instituto, quem não receber o cartão, não conseguir imprimir pela internet ou constatar erro no documento, deve entrar em contato com o atendimento ao participante, pelo telefone 0800 616 161.


Não é obrigatório levar o cartão no dia da prova. No entanto, é indispensável apresentar um documento de identificação com foto, como carteira de identidade ou de motorista.


Preparação on-line


Para se preparar para o exame, além de utilizar os métodos tradicionais, o candidato pode utilizar diversas plataformas on-line de estudo como o Questões Enem, oferecida gratuitamente pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC).


O aluno pode acessar o aplicativo, que consiste em um banco de questões das provas de 2009 a 2013. No sistema é possível escolher quais áreas do conhecimento se quer estudar. O banco seleciona as questões de maneira aleatória.


Outra opção é o Geekie Games, selecionado pelo Ministério da Educação (MEC) por meio de edital. A plataforma oferece textos, videoaulas, simulados e jogos para os estudantes, tudo online. Ao entrar na plataforma, o aluno faz um teste diagnóstico para identificar quais são as dificuldades e níveis de proficiência em diferentes assuntos.


Com o relatório em mãos, o aluno tem acesso a um plano de estudos personalizado baseado nas suas dificuldades e pode estudar em aulas disponíveis na própria plataforma. Ao concluir suas atividades, o estudante faz um novo diagnóstico que testará, além dos assuntos já abordados, outros diferentes. Dessa forma, ele tem acesso a um novo plano de estudos.


Edição 2014


O Enem de 2014 será realizado em 1.699 cidades, nos dias 8 e 9 de novembro. Nos dois dias de prova, os portões de acesso serão abertos às 12h e fechados às 13h, de acordo com o horário de Brasília.


Nesta edição, o número de inscritos no exame cresceu 21,6% em relação ao ano passado, chegando a 8.721.946 participantes.


No primeiro dia, os participantes terão quatro horas e 30 minutos para fazer as provas de ciências humanas e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias, cada uma com 45 questões.


No segundo dia, serão cinco horas e 30 minutos para responder as 45 questões de linguagens, códigos e suas tecnologias e as 45 de matemática e suas tecnologias, além de fazer a prova de redação.


Saiba mais


A nota do Enem pode ser usada para participar de vários programas, entre eles o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas no ensino superior público; o programa de acesso a universidades privadas, que disponibiliza bolsas em instituições particulares; e o Sistema de Seleção Unificada do Ensino Técnico e Profissional (Sisutec), que destina a estudantes vagas gratuitas em cursos técnicos.


O Enem é também pré-requisito para firmar contratos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e para concorrer a bolsas de intercâmbio pelo Programa de mobilidade internacional. Além disso, estudantes maiores de 18 anos podem obter a certificação do ensino médio por meio do exame.


Agência Brasil

Doleira da Lava Jato é condenada a 18 anos de prisão

Doleira da Lava Jato é condenada a 18 anos de prisão
 A doleira Nelma Kodama, também conhecida como "Dama do Mercado", foi condenada a 18 anos de prisão e multa por liderar um esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas que teria movimentado de forma fraudulenta R$ 221 milhões em dois anos e enviado para o exterior outros de U$S 5,2 milhões por meio de 91 operações de câmbio irregulares.

Nelma foi namorada do doleiro Alberto Youssef, alvo maior da Lava Jato, e com ele manteve negócios no mercado paralelo do dólar. Na madrugada de 15 de março, ela foi flagrada embarcando com 200 mil euros dentro da calcinha para Milão, na Itália. Dois dias depois, a Lava Jato foi deflagrada pela Polícia Federal. A doleira foi condenada pelos crimes de evasão de divisas, lavagem de dinheiro, participação em organização criminosa, corrupção ativa e operação irregular de instituição financeira.

"O emprego de esquemas sofisticados de evasão, não inerentes aos crimes, e acessíveis apenas a criminosos de grande sofisticação merece especial reprovação, devendo ser valoradas negativamente as circunstâncias dos crimes", afirma o juiz Sergio Moro, responsável pelas ações da Lava Jato na Justiça Federal do Paraná, em sua decisão. O magistrado afirmou ainda que "as provas colacionadas neste mesmo feito indicam, porém, que (Nelma) faz da prática de crimes financeiros o seu meio de vida".

A condenação de Nelma ocorreu em uma das 12 ações penais em tramitação na Justiça Federal do Paraná. Nesta ação, outros 8 investigados foram denunciados pela Procuradoria da República. Apenas o réu João Huang, que intermediava a abertura de contas do grupo em Hong Kong, está foragido, e por isso o juiz determinou o desmembramento da ação referente a ele. Todos os outros réus foram condenados.

Grupo Apontada como braço direito de Nelma, Iara Galdino era a principal administradora das empresas de fachada do grupo e foi condenada a 11 anos e pagamento de multa. Além dela, a mãe de Nelma, Maria Dirce Penasso, que emprestou seu nome para a abertura de contas da empresa Il Solo Tuo na China, também utilizada pelo grupo, foi condenada a dois anos um mês e dez dias de prisão em regime aberto.

A conta em nome da mãe da doleira recebeu 16 remessas de dinheiro do Brasil oriundas da empresa Da Vinci, controlada por Nelma. As remessas totalizaram U$S 841,6 mil e EU 139,4 mil.

O juiz federal Sérgio Moro decretou o confisco dos ativos dos condenados. Uma das acusações contra Nelma foi por corrupção ativa - ela corrompeu o gerente de uma agência do Banco do Brasil, segundo a Lava Jato, para viabilizar uma remessa ilegal de valores para o exterior.

A estrutura da organização desmontada pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal, era mantida por quatro doleiros, entre eles Nelma Kodama. Quando foi presa no Aeroporto Internacional de São Paulo com os euros na calcinha, Nelma alegou que o dinheiro era destinado à "aquisição de móveis, pois participaria de um encontro de empresários estrangeiros do ramo de decoração".


A Tarde com Estadão

Miss Brasil 2014 diz que é virgem

Miss Brasil 2014 diz que é virgem
 Melissa Gurgel, eleita Miss Brasil  2014, fez uma confissão íntima ementrevista ao jornal Zero Hora, divulgada nesta quarta-feira (22). Evangélica, a cearense de 20 anos revelou que é virgem e segue os princípios bíblicos.


Segundo a jovem que foi eleita a mais bela do Brasil, ela fez uma espécie de voto de castidade quando era mais jovem e o segue até hoje. "Sou virgem, fiz a Atitude 434 quando tinha 12 anos e acredito que isso seja uma escolha muito pessoal. Por acreditar em Deus e nos princípios bíblicos, mas trata-se de um sentimento maior que existe dentro de mim. Estou bem assim. Acredito no amor, quero ter uma família comprometida. Mas é importante ressaltar que sou virgem e sou contra o preconceito", contou Melissa.


Apesar de ter mantido o voto, ela já namorou por um ano e três meses com um rapaz, mas eles terminaram o relacionamento recentemente. "Não estou saindo com ninguém. O mundo das celebridades ainda é algo novo em minha vida, agora sou uma pessoa pública e estou focada no meu trabalho", declarou ao jornal.


A Miss Brasil ainda destaca o príncipe Harry como um homem que faz o seu tipo, citando a elegância e beleza do britânico.


Na entrevista, Melissa também comentou as críticas que recebeu por causa do sotaque nordestino. Para ela, a questão não foi um impecílio para ela levar a coroa.


Rede TV

Juíza determina apreensão de material que vincula Ricardo a Reginaldo Pereira

A juíza da 2ª Zona Eleitoral de Santa Rita, Lilian Frassinetti C. Cananea Moreira, determinou a imediata apreensão de material de propaganda irregular distribuído com o propósito de difundir notícia  inverídica, atribuída ao governador Ricardo Coutinho (PSB), candidato à reeleição pela coligação A Força do Trabalho.


Sem apresentar qualquer identificação do responsável pela confecção do material, a propaganda traz a informação de que, em caso de reeleição do governador Ricardo Coutinho, o ex-prefeito Reginaldo Pereira (PRP) voltaria à Prefeitura de Santa Rita.


“Além da divulgação ser apócrifa, a mesma estava ocorrendo de maneira maciça, inclusive com informações de que eles seriam distribuídos em todas as escolas que abrigam as seções eleitorais em Santa Rita, configurando um verdadeiro derrame de material de propaganda irregular, distorcendo a realidade”, observou o advogado Fábio Brito, coordenador jurídico da coligação A Força do Trabalho.


“Diante do flagrante prejuízo à candidatura do governador Ricardo Coutinho, a magistrada determinou ainda que a decisão fosse encaminhada para o Comando do 7º Batalhão da Polícia Militar para que coíba e proíba todo e qualquer material de propaganda irregular, em qualquer lugar que esteja sendo distribuído, bem como os responsáveis pela sua confecção e distribuição”, acrescentou o jurista.

 

TRE terá sessão extraordinária para julgar direito de resposta do último Guia Eleitoral

TRE terá sessão extraordinária para julgar direito de resposta do último Guia Eleitoral
 O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba terá uma sessão de julgamento extraordinária a partir das 11 horas do próximo sábado, dia 25, para analisar e julgar eventuais pedidos de direito de resposta em relação ao que for veiculado no horário eleitoral gratuito de sexta-feira. A decisão segue as novas regras aprovadas, por unanimidade, pelo Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na sessão administrativa da noite desta terça-feira (21). A norma também dispõe sobre o horário de funcionamento do protocolo do Tribunal no dia 25 de outubro, que abrirá às 8 horas.

“A nova resolução estabelece que o pedido de exercício de direito de resposta em relação ao que for transmitido na propaganda eleitoral gratuita no dia 23 de outubro de 2014, acompanhado da gravação da propaganda considerada ofensiva, deverá ser requerido em 12 horas, contadas a partir da veiculação da ofensa, devendo a defesa ser apresentada em igual prazo. Já o pedido de exercício de direito de resposta em relação ao que for transmitido no dia 24 no horário eleitoral gratuito, acompanhado da gravação da propaganda considerada ofensiva, deverá ser requerido em quatro horas, também contadas a partir da veiculação da ofensa. A defesa deverá ser apresentada em igual prazo”, diz o TSE.

Horário de funcionamento De acordo com a nova norma, as emissoras de rádio e televisão  ficarão em regime de sobreaviso no dia 25 de outubro de 2014 para, se necessário, providenciar a geração e a transmissão do direito de resposta, em cumprimento às determinações do TSE. O protocolo e a Secretaria Judiciária do Tribunal funcionarão em regime de plantão durante todo o dia 25 de outubro.


Ascom

PRESTÍGIO: estado da Paraíba terá seis representantes no Senado Federal a partir de 2015; Entenda

PRESTÍGIO: estado da Paraíba terá seis representantes no Senado Federal a partir de 2015; Entenda
A Paraíba que é territorialmente um dos menores estados do Brasil, terá a partir de 2015 um prestigio antagônico à quantidade de habitantes: contará com seis representantes no Senado Federal.

Além do senador eleito José Maranhão (PMDB), de Vitalzinho (PMDB) e Cássio Cunha Lima (PSDB) que podem concluir os seus mandatos por mais quatro anos, o Senado Federal já conta com dois paraibanos Lindemberg Farias (PT) que é de João Pessoa e representa o Rio de Janeiro e de João Vicente Claudino que é natural de Cajazeiras e ocupa uma cadeira do Piauí. A Paraíba terá agora uma representação feminina: trata-se da senadora eleita no Rio Grande do Norte Fátima Bezerra (PT) que é natural de Nova Palmeira (PB).


Assim como Zé Maranhão, Fátima Bezerra (PT) disputou a única cadeira do Senado no vizinho Rio Grande do Norte e obteve sucesso nas urnas. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, com 100% dos votos válidos apurados, ela teve 54,84% dos votos válidos, o que equivale a 808.055 votos. A candidata Vilma Maria de Faria (PSB) foi a segunda mais votada com 43,23% dos votos válidos (636.896 votos).


O RN teve quatro candidatos ao Senado. Além de Fátima e Vilma, concorreram a uma vaga Ana Célia (PSTU) e Lailson de Sousa (PSOL). O candidato Roberto Ronconi (PSL) teve o registro da candidatura cassado no dia 22 de setembro após a renúncia do candidato a 1º suplente, Ricardo Farias, a menos de 20 dias das eleições.


Após a apuração, Fátima disse que “o povo do Rio Grande do Norte faz história neste momento ao eleger uma senadora de origem popular”. “A minha primeira palavra ao povo do Rio Grande do Norte é de agradecimento pela expressiva votação, por este gesto tão generoso que depositou na nossa luta. Isto aumenta mais ainda a nossa responsabilidade. Mas sempre digo que vou corresponder a esta confiança como sempre fiz, com seriedade, ética, compromisso. É um fato novo na política, uma quebra de paradigma. No nosso estado, o senado sempre foi ocupado por representantes das oligarquias, ex-governadores, ou políticos em fim de carreira. A minha vitória traz um fato novo que é eleger uma professora de origem modesta, que conseguiu ser deputada estadual e federal, e agora serei a senadora de todos, de todo o Rio Grande do Norte”, declarou.


PARAIBANA: Fátima Bezerra nasceu em Nova Palmeira, na Paraíba, e se mudou para Natal para continuar os estudos, no início da década de 70. Fátima é professora e pedagoga. Iniciou sua trajetória política quando era estudante na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Participou do congresso que marcou a reconstrução da UNE, em Salvador, e do Encontro da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, realizado no Rio de Janeiro, que celebrou a volta de alguns exilados ao Brasil. Entrou para o magistério em 1980 e 1982 como professora da rede estadual e da prefeitura de Natal. Filiada ao PT desde 1981, Fátima Bezerra elegeu-se deputada estadual por dois mandatos, em 1994 e 1998. Ela exerce o mandato de deputada federal desde 2002, quando foi eleita a deputada federal mais votada do RN. Em 2005, foi presidente da Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados e é membro titular da Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados desde o seu primeiro mandato federal.

Campanha


Desde o início da campanha e com a divulgação de pesquisas de intenção de votos, ficou claro que a disputa pela vaga do Rio Grande do Norte no Senado Federal ficaria entre Fátima e Vilma. Durante um bom tempo, Vilma liderou as pesquisas. Mas, nas últimas divulgações, já se previa um empate técnico, com vantagem para a candidata petista. Mesmo com essa bipolarização da disputa, a campanha no Rio Grande do Norte não foi de polêmicas.


Perfil Fátima Bezerra


Maria de Fátima Bezerra, ou somente Fátima Bezerra, se transferiu para a capital potiguar no início da década de 70, vinda de Nova Palmeira (PB), sua cidade de origem. Nascida em 1955, numa casa de nove irmãos, Fátima é professora e pedagoga, graduada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), onde iniciou sua trajetória política participando de movimentos sociais.Entre suas atividades de destaque à época, Fátima participou do congresso que marcou a reconstrução da UNE, em Salvador, e do Encontro da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, realizado no Rio de Janeiro, que celebrou a volta de exilados ao Brasil. Entrou para o magistério em 1980 e 1982 como professora da rede estadual e municipal.


Fátima foi uma das fundadoras, vice-presidente e presidente, da Associação dos Orientadores Educacionais; secretária-geral da Associação dos Professores; e presidente – por duas gestões – do Sindicato dos Trabalhadores em Educação, além de ser uma das fundadoras também do Fórum Estadual dos Servidores Públicos.


No ano de 1981 se filiou ao Partido dos Trabalhadores (PT). Já no ano de 1994 elegeu-se deputada estadual, por dois mandatos consecutivos (1994 – 1998). Na Assembleia Legislativa foi presidente da Comissão de Direitos Humanos e da Comissão de Defesa do Consumidor, Meio Ambiente e Interior. Por sua atuação, recebeu do Comitê de Imprensa da Assembleia os títulos de Parlamentar do Ano de 1996 e de melhor Parlamentar da Legislatura 1995-1998.


Entre outras atividades exercidas por Fátima, está a atuação como representante do Legislativo potiguar no Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania e no Conselho Estadual do Meio Ambiente, além de ter sido delegada na IV Conferência Mundial sobre a Mulher (Beijing, 1995) e no I e II Fórum Social Mundial (Porto Alegre, 2001 e 2002). Fátima também participou do Encontro Internacional em Solidariedade às Mulheres Cubanas (Havana, 1998) e, integra o Diretório Estadual e a Executiva Nacional do PT.


Em 1996, Fátima disputou pela primeira vez a Prefeitura do Natal, onde não obteve êxito. Na ocasião, Wilma de Faria (PSB) saiu vitoriosa das urnas. O cenário não foi diferente no ano 2000, quando Fátima tentou novamente o executivo municipal e não foi eleita, sendo Wilma reeleita para novo mandato. No ano de 2002


Fátima iniciou seu mandato como deputada federal, reeleita em 2006 e 2010 – ano em que obteve a quinta melhor votação proporcional do país, com 220.355 votos.A deputada ainda disputou por mais duas vezes as eleições para assumir o Palácio Felipe Camarão. Uma em 2004 quando perdeu a eleição para Wilma de Faria (PSB) e outra em 2008 quando Micarla de Souza (PV) foi eleita prefeita do Natal.


Em setembro de 2011, a deputada, na época presidente da Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados, reativou a Frente Parlamentar Mista em Defesa do Livro e da Leitura. Nos quase três anos de retomada das atividades, a Frente vem realizando ações em prol de uma política pública em defesa do livro, da leitura e da biblioteca e da regulamentação via projeto de Lei do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL) e do Instituto Nacional do Livro, Leitura e Literatura


No ano de 2012, Fátima vira coordenadora do Núcleo de Educação e cultura da Bancada do PT no Congresso Nacional. Durante sua gestão, Fátima trabalhou pela aprovação da PEC da Música, do Sistema Nacional de Cultura e do Vale Cultura e, que através de um cartão magnético pré-pago, válido em todo território nacional, no valor de 50 reais mensais, os trabalhadores de carteira assinada poderão ir ao teatro, cinema, museus, espetáculos, shows, circo ou mesmo comprar ou alugar CDs, DVDs, livros, revistas e jornais.


Já em 2013, a candidata assumiu duas relatorias na Comissão de Educação e de Cultura: Projeto de Lei 1321/2011, que cria o Fundo Nacional Pró-Leitura (FNPL), destinado à captação de recursos para atendimento aos objetivos da Lei nº 10.753, de 30 de outubro de 2003; e o Projeto de Lei 4534/12, que atualiza e institui a Política Nacional do Livro(PNL), definindo, portanto, o que é considerado livro no Brasil, incluído os digitais também.


Fátima trabalhou pela aprovação do novo Plano Nacional de Educação (PNE) ainda no primeiro semestre de 2014. O PNE apresenta as 20 metas para Educação que visam, entre outros objetivos, erradicar o analfabetismo e universalizar o atendimento escolar, com o aumento de vagas em creches, ensino médio, profissionalizante e universidades públicas.


Henrique Lima

PB Agora com informações do Portal Nominuto.com e G1 RN

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

MPPB antecipa comemoração do Dia do Servidor para segunda

MPPB antecipa comemoração do Dia do Servidor para segunda
 O Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB) vai antecipar as comemorações do Dia do Servidor Público (28 de outubro). Com isso, o expediente em todos os órgãos da instituição funcionará da seguinte forma: na segunda-feira, dia 27, será ponto facultativo e na terça-feira, dia 28, o expediente será normal.

A medida foi publicada pelo procurador-geral de Justiça, Bertrand de Araújo Asfora, no Diário Oficial Eletrônico do último dia 14 de outubro, com base nas atribuições conferidas no artigo 15 da Lei Complementar 97/2010 (Lei Orgânica do Ministério Público).


Ascom