quinta-feira, 31 de julho de 2014

Polícia Militar de Esperança apreende veículo Astra e prende depois suspeitos

 A POLICIA MILITAR EFETUAVA RONDAS, QUANDO NA SAÍDA DE ESPERANÇA PARA CAMPINA GRANDE, AVISTOU UM VEICULO ASTRA DE COR PRETA, DE PLACA NQC 5724 PB, AO APROXIMAR DO VEICULO VISUALIZOU QUE O MESMO ESTAVA COM O VIDRO LATERAL ABERTO, FOI REALIZADA CONSULTA NO DETRAN E ATÉ O PRESENTE SEM RESTRIÇÃO DE ROUBO OU FURTO. OS COMPONENTES DA VIATURA SE AFASTARAM DO VEICULO E POSTERIORMENTE UM INDIVIDUO COM VESTIMENTAS DE COR PRETA FOI EM DIREÇÃO AO ASTRA, POREM DESCONFIOU DE ALGO E ADENTROU NO MATAGAL. O VEICULO FOI RECAMBIADO PARA CIA, NO INTERIOR DO VEICULO FOI ENCONTRADO 02 (DOIS) SOM AUTOMOTIVO (PIONEER E POSITRON); 01 (UM) PÉ DE CABRA; 01 (UMA) TESOURA ALICATE; 01 (UM) APARELHO TELEFÔNICO CELULAR DA MARCA LG, 01 (UMA) CHAVE DE FENDA GRANDE E 02 (DOIS) PARES DE ÓCULOS. APÓS DILIGÊNCIAS UMA JOVEM FOI ABORDADA NAS MARGENS DA BR 104, COM ALGUMAS ESCORIAÇÕES AO SER INDAGADA A MESMA AFIRMOU QUE ESTAVA NA COMPANHIA DE DAVI QUE AO PERCEBEREM A PRESENÇA DA POLICIA ADENTRARAM NO MATAGAL, POREM ELA SE PERDEU DELE. A JOVEM FOI CONDUZIDA PARA DELEGACIA DE ESPERANÇA, JUNTAMENTE COM O VEÍCULO PARA PROCEDIMENTOS CABÍVEIS.SEGUNDO O TENENTE FLORISTAN, ELES ESTAVAM ROUBANDO SOM DE CARROS EM ESPERANÇA, SÃO ORIUNDOS DE CAMPINA GRANDE. POR VOLTA DAS 03;00 HORAS DA MADRUGADA DE ONTEM, GUARNIÇÃO DE RÁDIO PATRULHA COMANDADA PELO SOLDADO WANDERSON  AO PROCEDER ABORDAGEM NO CITADO VEÍCULO PERCEBEU QUE ESTAVA COM MATERIAL ROUBADO  CONFORME FOTO. INGRID MENDONÇA SILVA, 18 ANOS, DE CAMPINA GRANDE E OUTRO, DE NOME DAVI, ASSALTANTE CONHECIDO  PELA POLICIA DE CAMPINA GRANDE.



FONTE; POLICIA MILITAR

COM REDAÇÃO FOLHA DE ESPERANÇA

Projeto e PEC que criam o MP-Procon são entregues à Assembleia Legislativa da Paraíba


Um desejo antigo do Ministério Público da Paraíba (MPPB) e que trará mais benefícios e proteção à população paraibana no campo da defesa do consumidor está prestes a se consolidar. A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) deverá colocar em sua pauta de votação a proposta de emenda constitucional (PEC) e o projeto de lei complementar que instituem o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério Público da Paraíba (MP-Procon).

A PEC e o projeto de lei complementar são iniciativas conjuntas entre o MPPB e o governo do estado. As duas mensagens foram entregues pelo procurador-geral de Justiça do Ministério Público paraibano, Bertrand de Araújo Asfora, na tarde desta quarta-feira (30), ao presidente da ALPB, deputado estadual Ricardo Marcelo (PEN). As matérias deverão ser apreciadas e votadas pelo Poder Legislativo nos próximos dias. “Este é um dia importante para a história do Ministério Público. É a concretização de um sonho de mais de 20 anos. Um desejo antigo da instituição em ter o seu órgão de defesa dos direitos do consumidor”, destacou o procurador-geral Bertrand Asfora, no momento de entrega das mensagens ao presidente da ALPB. “O Ministério Público, de forma conjunta com o Poder Executivo, por meio do governador Ricardo Coutinho (PSB), concretiza o sonho trabalhado há anos pela instituição”.

O projeto de lei complementar que cria o MP-Procon estabelece normas gerais do exercício do poder de polícia e de aplicação das sanções administrativas previstas na Lei 8.078, de 11 de setembro de 1990. Já a PEC altera a redação do artigo 27 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias da Constituição Estadual, cujo texto ficará assim: “Poderão o Poder Executivo, o Ministério público e a Defensoria Pública do Estado da Paraíba implementar os seus próprios Programas Estaduais de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), com as competências compatíveis com as respectivas finalidades institucionais e as estruturas organizacionais previstas em lei”.

A entrega das mensagens ao presidente da Assembleia pelo procurador-geral de Justiça foi acompanhada pelo primeiro-subprocurador-geral de Justiça, Nelson Lemos; pelo secretário-geral do Ministério Público, Carlos Romero Lauria Paulo Neto; e pelos promotores de Justiça Ismael Vidal Lacerda, Raniere Dantas, Glauberto Bezerra e Leonardo Pereira de Assis.

Na oportunidade, Bertrand Asfora lembrou que o MP-Procon “foi gestado a muitas mãos”, ressaltando os nomes de todos os que o acompanhavam na entrega da mensagem, lembrando também os promotores de Justiça Clístenes Bezerra de Holanda e Priscylla Maroja.

O que é o MP-Procon

O anteprojeto do MP-Procon foi elaborado pelo Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa do Consumidor (Caop do Consumidor) e pela Secretaria Geral do MPPB. O MP-Procon irá se ocupar com a defesa dos direitos coletivos e difusos, além de fomentar políticas de criação de Procons Municipais nas cidades paraibanas, já que apenas cinco dos 223 municípios paraibanos possuem Procons.

O MP-Procon será um ambiente institucional próprio do Ministério Público, sem rivalizar com o Procon estadual e com o Procon de João Pessoa. O MP-Procon será criado com recursos próprios do Ministério Público da Paraíba e terá um diretor-geral e duas diretorias regionais como órgãos de execução, sendo uma em João Pessoa e outra em Campina Grande, com atribuição em todo o estado de fiscalização das relações de consumo no âmbito coletivo e difuso, prevenindo e reprimindo danos aos consumidores.

O MP-Procon também poderá adotar medidas administrativas, como imposição de multas, interdições e demais atos de poder de polícia administrativa, nas relações de consumo, promovendo a armonização dessas relações através de mecanismos de mediação de conflitos.



Ascom

FIGA? Empresário que pode se tornar senador pela PB sem um único voto faz apelo: “Quem vota nele vota em mim!”

FIGA? Empresário que pode se tornar senador pela PB sem um único voto faz apelo: “Quem vota nele vota em mim!”
Empresário bem sucedido, hoje 1º suplente de Senador do candidato a Governador, Cássio Cunha Lima (PSDB), o empresário José Gonzaga Sobrinho, mais conhecido com Deca do Atacadão, coordenador político da candidatura tucana no Sertão paraibano está bastante animado com a possibilidade de assumir a cadeira no Senado, situação inusitada pois pode conquistar a cadeira. sem ter obtido um único voto, caso o projeto do PSDB saia vitorioso nas eleições 2014


Nos bastidores, é visível a empolgação do empresário com a possibilidade de ‘vitória’ tucana ao governo da Paraíba.


“Quem vota em Cássio, vota em mim”, frisou Deca do Atacadão que é dono do Atacadão Rio do Peixe, grupo empresarial consolidado em todas as regiões da Paraíba.O Suplente de Senador, Deca relatou a importância da micro região de Uiraúna sair unido em prol de uma só projeto, por ter a condição de possuir dois senadores no caso eleito, Cássio governador, ele assumiria o senado, bem como a vitória de Wilson Santiago, representaria o fortalecimento politicamente do Sertão do Estado.


As declarações do empresário, José Gonzaga Sobrinho, “Deca do Atacadão”, foram feitas neste final de semana durante a Festa de Emancipação Política no Município de Joca Claudino, Sertão da Paraíba.


MANDATO SEM VOTO:  atualmente, um a cada cinco senadores exerce o mandato e participa de decisões políticas importantes para o país sem ter recebido um voto sequer.Mesmo entre os políticos acostumados à boa vida bancada pelo dinheiro público, o Senado é descrito como o paraíso - com a vantagem, como ironizou o antropólogo e ex-senador Darcy Ribeiro, de que não é preciso morrer para chegar lá. O salário resvala no teto do funcionalismo: 26 723,13 reais mensais. Os benefícios são muitos: apartamento funcional, carro e motorista à disposição, verba indenizatória para bancar gasolina e despesas do gabinete, telefone, passagens aéreas e trabalho presencial obrigatório apenas de terça a quinta-feira.


O que muitos eleitores ignoram é que quase um a cada cinco integrantes da Casa chegou lá sem passar pelo crivo das urnas. São suplentes que, por diferentes razões, integram hoje a cúpula do poder político brasileiro. Dos 81 senadores com mandato no país, dezesseis fazem parte dessa categoria atualmente, número que costuma aumentar consideravelmente em períodos eleitorais, quando os titulares se engajam em campanhas políticas. A regra atual, em que o senador eleito carrega consigo dois suplentes, cria distorções a tal ponto que os estados de Minas Gerais, Goiás e Rio Grande do Norte, por exemplo, têm atualmente apenas um senador eleito pelo voto. As outras duas cadeiras são ocupadas por suplentes.


PB Agora

Forasteira deve representar Esperança no ‘Miss Paraíba”


 A jovem Larissa  Julianne Muniz da Silva, 18 anos, natural da cidade de Pombal-PB, deverá  representar a cidade de Esperança no concurso Miss Paraíba  2014, segundo fontes ligadas ao evento. Conforme dados colhidos junto aos organizadores, O processo seletivo para o MISS PARAÍ BA 2014 mudou em relação aos anos anteriores. Foram selecionadas 16 jovens para representar as cidades mais economicamente ativas do Estado, como Patos, Cajazeiras, Campina Grande, Esperança e entre outras. Ela  foi uma das selecionadas e escolhida (por sorteio no dia 8 de julho, no Hotel Tambaú em João Pessoa). O concurso Miss Paraíba acontecerá no Sábado, dia 2 de agosto, no teatro do SESC, em João Pessoa e  seg undo a escolhida, deverá contar com a torcida de toda a população de  Esperança. Segundo a coordenadora oficial do Concurso Miss Esperança, que denunciou a "fraude", a candidata escolhida não pode representar esta cidade no aludido concurso, pois o "Miss Esperança" tem patente registrado sob o número 2.458, data 19-05-2010, no cartório Toscano de Brito  Serviço Notarial e Registral, de João Pessoa-PB.
FOLHA DE ESPERANÇA

quarta-feira, 30 de julho de 2014

‘Eu te amo’: mulher gravou vídeo com filho antes de matá-lo

O crime foi cometido por um motivo fútil, segundo apurou a polícia: “Ela contou que o menino estava dormindo e quando se levantou mexeu no celular. O aparelho caiu e o garoto deu um tapa na mão dela quando foi pegar o telefone. Nervosa, ela contou que pegou as duas mãos da criança e a arremessou com força na cama do casal. O menino bateu a cabeça na parede e desmaiou," explicou. 

Ainda de acordo com o delegado, a dona de casa contou que o menino começou a espumar pela boca e com medo de ser presa, pegou o filho e o levou até a casa dos cunhados dela, que são tios do menino e estavam viajando: "No local ela tirou o forro do sofá, enrolou o menino em um lençol e o colocou lá. Depois voltou a colar o forro do móvel," esclareceu. 




Policiais encontram o corpo do garoto Keven Gomes Sobral de 2 anos, dentro do sofá da casa de seu tio, na cidade de Ibirité (MG), na segunda-feiraFoto: Uarlen Valerio / O Tempo / Futura Press 

O corpo da criança foi encontrado por uma tia, que chegou na casa e notou o mau cheiro vindo do sofá. A mulher então chamou o marido e eles encontraram o corpo. Foi própria mãe quem acionou a polícia, na última quinta-feira, dando notícia do desaparecimento do filho, dizendo que o menino teria sumido enquanto ela lavava roupas. O Corpo de Bombeiros chegou a fazer buscas na região. 

A polícia começou a desconfiar da mulher a partir do momento em que ela tentou fazer a liberação do corpo no IML de Betim: "Ela parecia tranquila e não mostrava nenhum sentimento pela morte da criança. Durante as investigações ela foi ouvida e caiu em contradições várias vezes, culpando parentes e até o pai pelo crime", afirmou o delegado. "Por fim ela confessou", concluiu. 




O menino estava desaparecido desde quinta feiraFoto: Uarlen Valerio / O Tempo / Futura Press 

Marília Cristiane Gomes vai ser indiciada por homicídio e ocultação de cadáver. Ela teve a prisão preventiva decretada. Para os jornalistas, afirmou que quer pagar pelo crime e disse estar sofrendo muito: "Não tinha intenção de matar o meu filho, queria que alguém encontrasse o corpo, por isso chamei os bombeiros," disse. 

O pai da criança, Claudio Ribeiro Sobral, 31 anos, disse que a mulher já havia batido no filho outras vezes, e que quando ele reclamava, "ela dizia que estava educando o filho". Claudio contou que o menino era bastante alegre e não tinha problemas de comportamento. Quando ouviu o depoimento da mulher, ele passou mal e teve que ser amparado por policiais. 
Especial para Portal Terra

POLARIZAÇÃO: Câmara de importante cidade do Sertão está dividida entre apoio a Cássio e RC; Vital não tem defensor

POLARIZAÇÃO: Câmara de importante cidade do Sertão está divida entre apoio a Cássio e RC; Vital não tem defensor
O quadro político na Paraíba, do ponto de vista das coligações e das próprias candidaturas, ainda está indefinido, pois vários questionamentos estão pendentes de decisão do TRE, a exemplo da coligação envolvendo o PT e a própria legalidade da candidatura de Cássio Cunha Lima (PSDB), a disputa na cidade de Cajazeiras no Sertão paraibano está polarizada entre os candidatos Ricardo Coutinho (PSB) que tem o apoio da prefeita Denise (PSB) e o projeto tucano capitaneado por Cássio que tem ao seu lado os deputados José Aldemir (PEN) e Vituriano de Abreu (PSC).Segundo levantamento feito pelo jornalista Adjamilton Pereira, os vereadores com assento na Câmara Municipal de Cajazeiras já não têm mais dúvidas com relação aos seus posicionamentos e estão literalmente divididos entre as duas candidaturas favoritas.


Quando a candidatura de Veneziano Vital do Rêgo ainda estava validada, alguns vereadores, como Jucinério Félix e Neto da Vila Nova, estavam com ele e outros parlamentares não tinham se definido. Agora, com o inicio da campanha, e o aperto dado pelos candidatos a deputado estadual e federal, que precisam mostrar força junto ao candidato majoritário e o chamamento feito por Carlos Antonio e Denise Oliveira nas reuniões realizadas com os correligionários, os vereadores tiveram que se decidir.Neste quadro, o candidato do PMDB, Vital do Rêgo Filho, não contará com apoio de nenhum dos 15 vereadores de Cajazeiras, o que significa dizer que o ex-prefeito Carlos Rafael, que é candidato a deputado estadual e que na última eleição elegeu uma bancada de sete vereadores, não conseguiu manter nenhum dos antigos aliados ao seu lado.


trabalho do deputado Vituriano de Abreu que anunciou dobradinha com o ex-ministro Aguinaldo Ribeiro (PP) na luta pela Câmara Federal, reforçado pelos pedidos do deputado federal Wellington Roberto, confirmaram o apoio de cinco vereadores a candidatura de Cássio Cunha Lima – Neto da Vila Nova, Jucinério Félix, Humberto Pessoa, Marcos do Riacho do Meio e Neguim do Mondrian, que se somam ao vereador Ivanildo Dunga, candidato a deputado federal e que apóia Cássio e ao vereador Eriberto Maciel, que diverge da orientação de Carlos Antonio e Denise e está com Cássio, inclusive esteve no evento em Campina Grande. Dos vereadores que apóiam Vituriano, Lindberg Lira e Kléber Lima estão acompanhando Ricardo Coutinho, para atender o comando do ex-prefeito Carlos Antonio, mas estão sendo pressionados por Wilson Santiago, já que são filiados ao seu partido, para que mudem de posição.


Os demais vereadores, que fazem parte da bancada da situação na Câmara Municipal, acompanham a orientação da prefeita Denise Oliveira e do ex-prefeito Carlos Antonio e estão apoiando o projeto de reeleição do governador Ricardo Coutinho e, votam, para deputado estadual, em Zé Aldemir, com exceção do vereador Alysson Américo, que é aliado incondicional do deputado Jeová Campos (PSB).


PB Agora

Tabelião sugere criação de comissão processante contra Prefeito de Esperança

Durante sessão de ontem(29), a Câmara Municipal de Esperança aprovou recebimento de uma denúncia  feita pelo tabelião
. Ônnio Emmanuel Lyra sugerindo a criação de uma comissão processante para apurar denúncias de prováveis infrações político-administraivas contra o prefeito de Esperança Anderson Monteiro da Costa(PSC). De acordo com os trâmites legais do Poder Legislativo, o assunto deverá entrar em pauta noutra sessão, visto ser polêmico e necessário de uma análise mais detalhada. A informação foi postada via Facebook, atráves de Jefferson Luna, funcionário da Casa de "Francisco Bezerra dA Silva".

FOLHA DE ESPERANÇA

terça-feira, 29 de julho de 2014

Mãe confessa ter matado filho e escondido corpo em sofá


Em depoimento, mulher afirmou que jogou o menino na parede porque ele desobedeceu a ordem de não mexer em seu telefone celular

Menino Keven Gomes Sobral, de 2 anos, foi encontrado morto dentro de sofá em MG (Uarlen Valério/Estadão Conteúdo)

A dona de casa Marília Cristiano Gomes, de 19 anos, confessou na tarde desta segunda-feira ter matado o próprio filho, Keven Gomes Sobral, de 2 anos, e escondido o corpo dentro de um sofá, na casa dos tios da criança. A família vive no mesmo terreno, em Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG). O corpo foi encontrado neste domingo em estágio avançado de decomposição.

Uarlen Valério/Estadão Conteúdo/

Keven estava desaparecido

Ao ser ouvida pela Polícia Civil, a mulher alegou que jogou a criança na parede porque ela não obedeceu a uma ordem para não mexer no telefone celular dela. Marília foi presa em flagrante.


Na quinta-feira, a mulher procurou a Polícia Militar para registrar queixa alegando que o filho havia desaparecido enquanto ela lavava roupas no quintal. Os tios do menino, Ailton Silva Sobral, de 23 anos, e Lucimeire de Souza Antunes, de 21, estavam viajando no mesmo dia e encontraram o corpo ao retornarem para casa. Após sentirem mau cheiro dentro de casa e encontraram a criança enrolada em um lençol no forro do sofá. 

A residência já havia sido vasculhada na sexta-feira por policiais militares e homens do Corpo de Bombeiros, que também chegaram a fazer buscas pela região por causa da denúncia de desaparecimento. Depois de o corpo ser encontrado, não foi possível confirmar se Keven havia sofrido algum tipo de violência por causa do avançado estado de decomposição do corpo.

Policiais do Departamento de Investigações de Homicídios e Proteção à Pessoa (DIHPP), em Belo Horizonte, apontaram contradições no depoimento da mãe e a convocaram novamente para prestar esclarecimentos nesta segunda-feira. Foi quando ela confessou o crime. Marília negou que tivesse intenção de matar o filho, mas foi presa.

(Com Estadão Conteúdo)
Fonte: VEJA

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Dr. Rey precisou provar ao TRE-SP que sabe português


Dr. Rey publicou nas redes sociais vídeo em que aparece escrevendo uma carta em português no TRE-SPFoto: Twitter / Reprodução

                                                                           D r. Rey, precisou provar ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) que sabe ler e escrever em português. Neste domingo, no TRE-SP, ele também apresentou seu documento de identidade. As informações foram solicitados pela Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo, que analisou o seu pedido de candidatura.

De acordo com a solicitação, faltavam alguns documentos para comprovar as informações do registro de candidatura. Segundo o procurador Regional Eleitoral André de Carvalho Ramos, o candidato precisava apresentar a carteira de identidade, para que fosse possível conferir os dados e a assinatura. Além disso, faltavam documentos que confirmassem que o candidato era alfabetizado em português, uma vez que os comprovantes de formação dele eram de uma universidade estrangeira, Harvard. O procurador também pediu informações sobre os bens do candidato. Ele analisará os documentos apresentados e se manifestará sobre o pedido de registro da candidatura nos próximos dias.

Na sua conta do Twitter, Dr. Rey postou vídeo em que aparece escrevendo uma carta de próprio punho para confirmar a alfabetização em português. "Hoje (ontem) no Tribunal Regional Eleitoral, atestando minha assinatura e provando escolaridade! Inclusive trouxe meus diplomas da Harvard", escreveu

Portal TERRA

.

Crianças falam sobre bombas e perdas em Gaza e na Síria

Outros grupos armados palestinos negam o uso de civis como escudos humanos

Quando você vê na TV, não é como é na vida real



Syed, de 12 anos, se inclina e olha atentamente uma estreita parede de concreto cinza, como se seus olhos fossem capazes de abrir um buraco capaz de ajudá-lo a escapar de sua vida. Morador de Gaza, ele assistiu à morte de seu irmão mais novo.

"Quando sentamos na ambulância juntos, pensei que ele fosse sobreviver, então me senti um pouco melhor", diz. Mas quando chegaram ao hospital, Mohammad já estava morto.

Três de seus primos também morreram naquele 16 de julho. Eles brincavam em uma praia perto do porto de Gaza quando Israel atingiu a área duas vezes.

Os conflitos modernos são travados em ruas e escolas, deixando pouco de pé. Cada vez mais crianças morrem, e o próprio conceito de infância está sendo destruído.

Israel alega que não atinge civis intencionalmente, mas Gaza é um pedaço de terra estreito, densamente povoado e, agora, perigoso, onde crianças não têm onde se proteger.

O Hamas e outros grupos armados palestinos negam o uso de civis como escudos humanos, mas a BBC presenciou foguetes sendo disparados de dentro de prédios e em áreas abertas.

Antes amigos, agora inimigos
A Organização das Nações Unidas destacou, na semana passada, que uma criança morre por hora em Gaza.

Mas antes de Gaza dominar as manchetes, eram as crianças da Síria que despertavam a consciência do mundo.

Na violenta guerra síria, já em seu quarto ano, mesmo os mais jovens estão sob o alvo de atiradores. Até crianças têm sido torturadas. Milhões delas vivem com fome e medo, e muitas sofrem em áreas cercadas.
"Eu não vejo por que eu tinha que perder a minha perna só porque Bashar al-Assad queria permanecer no poder", diz Mariam, de 9 anosFoto: BBCBrasil.com

Nos últimos seis meses, a BBC acompanhou as vidas de seis crianças sírias. As histórias delas esboçam o mapa político e social desse país e dão uma perspectiva turbulenta do que pode ser o futuro sírio.

"Eu sou uma criança apenas na idade e na aparência", diz Ezadine, de 9 anos, com naturalidade. "Mas em termos humanos, eu não sou. No passado, alguém de 12 anos era considerado jovem, mas não agora. Agora, aos 12 anos, você deve se juntar à jihad."

Ezadine se parece com qualquer criança da idade dele. Mas ele é um refugiado em um campo no sul da Turquia, local com forte presença do Exército de Libertação da Síria, e seu irmão adolescente que já se juntou aos combates do outro lado da fronteira.

A centenas de quilômetros de distância, em Damasco, o mundo de Jalal, de 14 anos, está enraizado no apoio ao presidente Bashar al-Assad, incluindo o pai e tios que lutam em uma unidade de defesa de bairro.

Jalal lamenta o quanto "a crise mudou a gente. Agora as crianças entendem e falam sobre política. Estamos todos prontos para morrer pelo nosso país".

Jalal e Ezadine veem antigos amigos, agora do outro lado, como alvos de uma "lavagem cerebral".

E as crianças veem suas próprias situações com uma clareza surpreendente.

"Eu não vejo por que eu tinha que perder a minha perna só porque Bashar al-Assad queria permanecer no poder", diz Mariam, de 9 anos.
Baraa teve que comer a carne da própria gata, para não passar fome com a famíliaFoto: BBCBrasil.com

Ela se lembra de todos os detalhes do dia no qual um avião de combate sírio veio em direção a sua casa, em um vilarejo na região de Homs. "Nós tínhamos uma grande janela. Eu olhei por ela e vi (o avião) vindo em nossa direção. Ele jogou o barril (com explosivos) e foi embora".

Até hoje, ela não consegue sentar em uma sala. E não consegue brincar com outras crianças em um parquinho no sul da Turquia.

'Eu odeio o futuro'
Baraa, de 8 anos, cuja família deixou o bairro antigo de Homs, sitiado, fala com vergonha sobre a mudança que o conflito provocou em sua vida. "Em vez de aprender a ler e escrever, eu aprendi sobre todos os tipos de armas. Agora, eu sei o nome de balas".

Portal TERRA

Homem morre após ser atingido por avião em praia dos EUA

Um homem morreu e uma menina de nove anos, filha da vítima, ficou ferida nesse domingo após serem atingidos por um avião durante um pouso de emergência em uma praia da Flórida, nos Estados Unidos, de acordo com informações da agênciaAP.

A menina foi transportada para um hospital infantil da região, e se encontrava em situação crítica, afirmou Wendy Rose. As vítimas, Ommy Irizarry, 36 anos, e Oceana Irizarry, 9, eram do Estado vizinho da Georgia. Já o piloto e o passageiro, Karl Kokomoor, 57, e David Theen, 60, respectivamente, são moradores da Flórida.
A Administração Federal de Aviação dos EUA (FAA, na sigla em inglês) informou que está investigando o ocorrido. Investigadores do Conselho Nacional de Segurança nos Transportes também foram enviados ao local para tentar determinar a causa do acidente,

Portal TERRA

sábado, 26 de julho de 2014

PC PRENDE SETE “GRILOS” ACUSADOS DE ROUBOS E FURTOS


A Polícia Civil acabou com a farra de uma associação criminosa que vinha infernizando os moradores de Gado Bravo, Aroeiras e região, no Agreste paraibano.







As prisões dos sete acusados, de uma mesma família, realizadas pela equipe da delegada Maria Sileide de Azevedo, na cidade de Gado Bravo, deu um basta na constante de roubos, furtos e tráfico de drogas.







Foram presos: Erinalva Maria do Nascimento, Essuel Felipe da Silva, Josembergue Cícero Duarte do Nascimento, Josivan dos Santos Araújo, José Josinaldo da Silva e Diego Gregório da Silva.







Todos são de uma família conhecida como “grilos”.







Os acusados estão envolvidos nos arrombamentos em escolas e residências, além de assaltos.










Eles foram presos mediante mandado judicial da comarca de Aroeiras.







Postado por Renato Diniz de Araujo

Jorge Kajuru encerra carreira na TV

Jorge Kajuru encerra carreira na TV
 Jorga Cajuru não vai mais trabalhar na tevê. Após 37 anos no ar, o apresentador, convencido por Romário, se filiou ao PSB e pretende lançar sua candidatura a deputado federal por Goiás.

Ele anunciou o fim da carreira no ar, no canal Esporte Interativo.

"Quero investigar a caixa-preta da Copa, os gastos das Olimpíadas em 2016, dar vazão ao meu lado investigativo na política”, disse ele, que continua tratando problemas de saúde, causados por um pancreatite.

Em entrevista a Danilo Gentilli no The Noite, em março, Kajuru já havia se mostrado contra a Copa do Mundo e declarou que, por causa da politica, iria torcer para a Argentina numa possível final entre o Brasil e nossos vizinhos. Ele também destacou sua insatisfação com a TV Brasileira ao ressaltar que só a Globo e o SBT era canais dignos no país.




O Fuxico

Pastor de igreja da PB se torna campeão mundial de Jiu-jitsu ao vencer luta no Rio de Janeiro

Pastor de igreja da PB se torna campeão mundial de Jiu-jitsu ao vencer luta no Rio de Janeiro
 Há 20 anos Roberto Nogueira, 34 anos, conheceu às artes marciais e se apaixonou pela luta. Há cinco se tornou pastor na Igreja MinistérioInternacional  Resgatando de Restaurando Vidas (MIRR), em João Pessoa, e ganhou um título: “Pastor do Tatame”. O seu amor pelo Jiu-jitsu o tornou campeão mundial na modalidade.

Com uma vasta experiência no tatame, o pastor-lutador natural do Rio de Janeiro conquistou recentemente mais um título importante para a sua galeria de medalhas: Campeão no Absoluto Mundial no Rio de janeiro. Ele venceu sete lutas e competiu com atletas de diversos países, representando à Paraíba.

Nogueira foi apresentado ao universo da luta quando tinha pouco mais de 12 anos. “Eu era uma criança muito imperativa. Na rua, eu arrumava algumas confusões, briga e daí fui convidado a praticar o esporte e me apaixonei pelo karatê e, consequentemente, o Jiu-jitsu”, comentou.

Em entrevista, Nogueira revelou que em pouco mais de um ano conquistou pódios importantes tanto no Brasil como fora. Em 2013, foi campeão na Alemanha e na Copa Fite de Olinda-PE, vice-campeão no Absoluto no Circuito Nordestino em João Pessoa. Em 2014 conquistou o 1º lugar no Natal Open Nordeste, campeão estadual em João Pessoa, campeão Open Paraíba, sediado em João pessoa, e recentemente se tornou campeão mundial no Absoluto no Rio de Janeiro. O próximo desafio vai ser em novembro na Califórnia, nosEstados Unidos.

Mesmo se consagrando em competições nacionais e internacionais, Roberto Nogueira desenvolve um trabalho social com crianças, jovens e adolescentes, através do esporte e do evangelho. “Sou pastor dos jovens e nessa temática a gente faz um trabalho voltado para eles mostrando sempre o caminho certo”.

Além das atribuições religiosas, o pastor também dar aulas em uma academia, no bairro do Bessa, em João Pessoa, para crianças, adultos e mulheres. Ele integra a equipe ‘Roberto Nogueira Jiu-jitsu”.


Do Portal Correio

"Sob as bombas, vivo como um zumbi"

Palestino relata o sofrimento de morar em Gaza sob intenso ataque de Israel, com racionamento de água, comida e eletricidade

Depoimento de Ayman Fahmi Nimer à repórter Mariana Queiroz Barboza
A escalada da violência entre o Exército de Israel e o Hamas, facção islâmica que controla a Faixa de Gaza, atingiu um novo pico na semana passada. A ação das forças israelenses se intensificou. Foi bombardeada uma escola que era usada como abrigo pela Organização das Nações Unidas, matando pelo menos 16 pessoas, inclusive funcionários da ONU. Sem acordo para um cessar-fogo, o número de vítimas fatais entre os palestinos ultrapassou 800 – a maioria civis, entre eles, muitas mulheres e crianças. Israel teve 35 mortos. O lançamento de mais de dois mil foguetes do Hamas provocou o cancelamento de voos internacionais a Israel, no que os israelenses classificaram como um “prêmio ao terrorismo”. Sob o medo de novos ataques e com o racionamento de água, comida e eletricidade, a vida em Gaza ficou ainda mais dramática. Na noite da quinta-feira 24, o palestino Ayman Fahmi Nimer, que mora no centro da cidade de Gaza, falou com a ISTOÉ poucas horas depois que um prédio vizinho foi bombardeado. Abaixo, está seu depoimento:
abre.jpg

POPULAÇÃO EM PÂNICO

Mulher palestina se desespera em prédio atingido pelos mísseis

lançados por Israel. Civis são as principais vítimas dos ataques
“Viver com o barulho dos bombardeios é assombroso. Em Gaza não temos nenhuma espécie de esconderijo para a população, como há em muitas cidades do Oriente Médio. Vivemos esperando o desconhecido. Não sabemos quando isso vai acabar. É um filme de terror sem fim. Para mim, é muito difícil olhar para minhas filhas enquanto as bombas caem aqui perto, sabendo que não posso fazer nada para protegê-las. Ficamos todos reunidos, a maior parte do tempo, perto da porta de entrada e da escada para sairmos em caso de emergência. Comemos aqui e dormimos no chão. Só nos movimentamos para ir ao banheiro. Passamos o tempo conversando, falando sobre o futuro, lendo, brincando com nossos gatos. Sou como um ator. Estou triste por dentro, mas finjo que está tudo bem. Não quero pensar muito, porque, quando o faço, espero o pior. Não durmo mais de duas horas seguidas há 18 dias. É impossível dormir à noite, fico esperando mais bombardeios. Os mísseis iluminam o céu escuro. Sob as bombas, sem sono, vivo como um zumbi. Não consigo focar em nada. Minha mulher mantém perto dela uma bolsa com documentos importantes: passaporte, cartão do banco, escritura do apartamento.
01.jpg
Estou em casa com minha mulher e minhas três filhas agora. Saí há pouco para comprar comida. Estamos no Ramadã, um mês sagrado para muçulmanos do mundo todo, no qual fazemos jejum até o sol se pôr. Acabamos de fazer nossa primeira refeição. Vivo com minha mulher, Heba, e nossas filhas, Lama, de 16 anos, Menna, 14, e Mesma, 13, num apartamento de três quartos no coração de Gaza, no último piso de um prédio relativamente alto, de sete andares. Isso me dá a oportunidade de ver o que está acontecendo em boa parte daqui. Como faz muito calor, mantenho todas as janelas abertas.
Tenho sorte de ter uma família relativamente pequena. Os árabes gostam de ter muitos filhos, mas eu não quero mais, porque é muita responsabilidade. Um pai tem que prover abrigo, água, comida e segurança para seus filhos. Mas, em Gaza, é completamente diferente por causa da contínua disputa entre israelenses e palestinos por território. Minhas filhas passaram boa parte de sua infância durante guerras. Elas não sabem o significado de paz. Elas não sabem nem o que é paz de espírito. Sou muito preocupado com o futuro delas. Eu sou farmacêutico, tenho um bom emprego e uma renda relativamente alta. Minha família é muito feliz. Para nossa sorte, as aulas na escola das meninas acabaram há um mês. Estamos agradecidos a Deus que elas não tiveram que ficar ausentes das aulas.
Pic_Gaza-PM-2.jpg

DESTRUIÇÃO

A Faixa de Gaza está sob bombardeio há três semanas.

Quase 800 palestinos já morreram
Toda a Faixa de Gaza é uma fração da cidade de São Paulo. Por isso, quase todo mundo se conhece. Com mais de 800 mortes, em cada vizinhança, existe alguém que perdeu parentes ou amigos. Isso é muito triste. Mas é interessante notar como as pessoas ficam ainda mais unidas. Em volta das mesquitas, elas compartilham sua comida, o pouco de água que têm. Elas não têm nem certeza se viverão para desfrutar daquilo. Eu também não sei se estarei vivo amanhã.
O dinheiro não tem valor nenhum, porque os mercados e as lojas estão fechados. Alguns fazendeiros se reúnem em volta das mesquitas. As pessoas vão lá para as orações da tarde e encontram os fazendeiros vendendo legumes que eles mesmos produzem. Hoje comprei tomates, batatas, cebolas e pimenta. É difícil encontrar comida fresca. Também temos um problema com água potável. Nós juntamos garrafas vazias de Coca-Cola e Seven-Up e levamos à rua para enchê-las. Dividi minhas últimas quatro garrafas d’água com minha mãe, então preciso sair amanhã e procurar mais. Não é tão difícil assim encontrar, o pior é trazer para casa. Tenho que pegar o máximo de galões que conseguir carregar nas costas. Tenho também um estoque de alimentos não perecíveis, como feijão, arroz e açúcar, para emergências como essa. Gostamos de estar preparados, porque nunca sei quando tudo isso vai recomeçar. Eu diria que 99% das lojas e restaurantes estão fechados. Há pequenas lojas familiares no térreo das casas, onde posso bater na porta e comprar alguma coisa.
No Ramadã, nós jejuamos por 16 horas. Isso é bom porque, durante a noite, ninguém consegue comer e beber tanto. Nos conflitos de 2008 e 2009, foi pior. Eles começaram a atacar em dezembro e a temperatura era muito baixa. Precisávamos de mais comida e mais energia elétrica para nos manter aquecidos. Agora temos energia por duas horas diárias, em média. Há dias em que não há nada. É horrível, porque precisamos de energia para tudo, para acompanhar as notícias, as redes sociais, falar com nossos familiares. Sem eletricidade, me sinto cego.
Gaza04.jpg

POR TERRA

Tanques israelenses avançam pela fronteira, ao norte

da Faixa de Gaza. Os ataques ocorrem também por ar e mar. 
Os israelenses enviam comunicados em panfletos, SMS, ligações telefônicas. Eu recebi uma mensagem gravada, mas, na área em que moro, não nos dizia para deixar nossas casas. Pelo contrário, eles querem que as pessoas se concentrem aqui. O meu bairro é mais seguro que o resto da cidade, mas, ainda assim, há bombas por todo lado. Na mensagem que ouvi, eles explicaram que essa operação é contra o Hamas, não contra os civis. Hoje um prédio vizinho, a 100 metros da minha casa, foi bombardeado por um míssil. Tivemos que descer as escadas correndo e isso foi muito difícil, porque, depois da explosão, uma quantidade enorme de poeira escureceu tudo ao redor. Esperamos três horas na frente do prédio até que pudéssemos voltar. Felizmente ninguém morreu. Você consegue ouvir isso? (O barulho de uma explosão encobre a voz de Ayman) Passou bem pela minha cabeça. Se tiver que deixar minha casa, não tenho para onde ir. Nenhum lugar é seguro.
02.jpg
Eu sempre fui um pregador da paz, mas agora, se tivesse um míssil em minhas mãos, o atiraria contra Israel. Pelo menos eu morreria de uma forma digna. Israel tem um dos maiores Exércitos do mundo e nós, palestinos, não temos nada. Para muitos palestinos, não há oportunidade nem esperança. Então, se tiverem de morrer, que morram lutando. Mas não gostamos de morrer, gostamos de viver em estabilidade. Nós deveríamos ter nosso Estado. Eu sou contra o Hamas, mas posso dizer: o Hamas não usa as pessoas como escudo humano, como diz Israel. Há 18 anos vivendo aqui, eu nunca vi um único militante nas ruas. Eles estão todos debaixo da terra (em túneis). Nas ruas, só se pode ver homens segurando sacolas de comida a caminho de casa. Não há mulheres nem crianças. Além de ser muito perigoso dirigir, não há postos de gasolina abertos, então todos andam a pé. O Hamas acredita que as negociações de paz não são a língua que os israelenses entendem. Os israelenses só entendem a língua da violência, matam por vingança. Eu tenho simpatia pelo Mahmoud Abbas (presidente da Autoridade Palestina), mas ele não atingiu nada até agora, todas as negociações falharam. Abbas precisa ouvir mais seu próprio povo. É urgente uma reconciliação entre o Hamas e os outros grupos políticos por uma Palestina unida. Talvez a resistência seja a última reserva que os palestinos tenham para atingir seus objetivos.”
IEpag68a71Gaza-4.jpg
Fotos: Mohammed Salem/REUTERS, Hatem moussa/AP Photo; Ronen Zvulun/REUTERS - fonte: ISTOÉ Independente

Pastor de igreja da PB se torna campeão mundial de Jiu-jitsu ao vencer luta no Rio de Janeiro

Pastor de igreja da PB se torna campeão mundial de Jiu-jitsu ao vencer luta no Rio de Janeiro
 Há 20 anos Roberto Nogueira, 34 anos, conheceu às artes marciais e se apaixonou pela luta. Há cinco se tornou pastor na Igreja MinistérioInternacional  Resgatando de Restaurando Vidas (MIRR), em João Pessoa, e ganhou um título: “Pastor do Tatame”. O seu amor pelo Jiu-jitsu o tornou campeão mundial na modalidade.

Com uma vasta experiência no tatame, o pastor-lutador natural do Rio de Janeiro conquistou recentemente mais um título importante para a sua galeria de medalhas: Campeão no Absoluto Mundial no Rio de janeiro. Ele venceu sete lutas e competiu com atletas de diversos países, representando à Paraíba.

Nogueira foi apresentado ao universo da luta quando tinha pouco mais de 12 anos. “Eu era uma criança muito imperativa. Na rua, eu arrumava algumas confusões, briga e daí fui convidado a praticar o esporte e me apaixonei pelo karatê e, consequentemente, o Jiu-jitsu”, comentou.

Em entrevista, Nogueira revelou que em pouco mais de um ano conquistou pódios importantes tanto no Brasil como fora. Em 2013, foi campeão na Alemanha e na Copa Fite de Olinda-PE, vice-campeão no Absoluto no Circuito Nordestino em João Pessoa. Em 2014 conquistou o 1º lugar no Natal Open Nordeste, campeão estadual em João Pessoa, campeão Open Paraíba, sediado em João pessoa, e recentemente se tornou campeão mundial no Absoluto no Rio de Janeiro. O próximo desafio vai ser em novembro na Califórnia, nosEstados Unidos.

Mesmo se consagrando em competições nacionais e internacionais, Roberto Nogueira desenvolve um trabalho social com crianças, jovens e adolescentes, através do esporte e do evangelho. “Sou pastor dos jovens e nessa temática a gente faz um trabalho voltado para eles mostrando sempre o caminho certo”.

Além das atribuições religiosas, o pastor também dar aulas em uma academia, no bairro do Bessa, em João Pessoa, para crianças, adultos e mulheres. Ele integra a equipe ‘Roberto Nogueira Jiu-jitsu”.


Do Portal Correio

AUMENTO: tarifa de ônibus em Campina Grande custará R$ 2,20 a partir de segunda-feira

AUMENTO: tarifa de ônibus em Campina Grande custará R$ 2,20 a partir de segunda-feira
 A tarifa de ônibus em Campina Grande custará R$ 2,20 a partir da segunda-feira (28). O reajuste no valor do bilhete foi divulgado na tarde deste sábado (26) pela Prefeitura de Campina Grande após assinatura do decreto pelo prefeito Romero Rodrigues (PSDB). O novo preço dapassagem começa a vigorar a partir da 0h de segunda, ainda coforme o decreto. O reajuste pedido pelo Conselho Municipal de Transportes era de R$ 2,30.

O prefeito de Campina Grande lembrou que o preço praticado era o mesmo desde janeiro de 2012. “As planilhas de custos das empresas  expõem a necessidade de reajuste. Dificilmente se encontra no país hoje um produto ou serviço que custe o mesmo que custava dois anos e meio atrás. Para não comprometer o funcionamento do sistema, homologamos o reajuste, mas, para minimizar o impacto no bolso dos campinenses, limitamos esse reajuste ao mínimo possível”, explicou.

Em junho do ano passado, a gestão municipal conseguiu, através de desoneração tributária, viabilizar a redução do preço das passagens de ônibus, que era de R$2,20 e caiu para R$2,10. A homologação do aumento ocorre três dias após as empresas de transporte público da cidade acordarem um aumento salarial de 9% para os funcionários.

Na quarta-feira (23), a greve por reajuste salarial dos motoristas de ônibus coletivo de Campina Grande ocasionou a paralisação de 100% da frota, impedindo que cerca de 95 mil embarques fossem realizados. Ainda na quarta-feira, O Tribunal Regional do Trabalhou determinou que pelo menos 60% da frota voltasse às ruas. O serviço só foi normalizado na manhã de quinta-feira (24), após a categoria aceitar a proposta de 9% de aumento na noite de quarta.


Redação com G1  

Gata, mãe e solteira: Sandra Bullock chega aos 50 anos

Conhecida como uma das atrizes mais carismáticas de Hollywood, Sandra Bullock completa neste sábado (26) 50 anos, mas com corpinho de 30. No rol das estrelas mais bem pagas da indústria há mais de uma década, Sandra já estrelou mais de 40 filmes e tem na prateleira o Oscar de Melhor Atriz por Um Sonho Possível, faturado em 2013. Isso sem contar outras premiações, como o People's Choice Awards, que tem a atriz como uma de suas recordistas.

Amores públicos

Apesar do sucesso, Sandra não escapou de um golpe difícil e público. Depois de namorar ficar quatro anos ao lado do ator Tate Donovan, romper o noivado, e de se envolver com Matthew McConaughey, Ryan Gosling, o músico Bob Schneider e o jogador Troy Aikman, a atriz se apaixonou por Jesse James, um customizador de motocicletas.

O romance durou cinco anos e o casal até adotou uma criança, o filho Louis. A união terminou em 2010, quando Sandra descobriu uma traição de Jesse. Ela assumiu tudo publicamente e seguiu a vida, cogitando até uma segunda adoção.

Queridinha do cinema

Não foi a toa que Sandra foi escolhida para protagonizar a comédia Miss Simpatia em 2000. Além de ter sido premiada na mesma categoria durante sua adolescência no colégio, a atriz é elogiada pela grande maioria de seus companheiros de cena, como Keanu Reeves, Matthew McConaughey e Hugh Grant.

Além da fama de "boa praça", Sandra é reconhecida por ter se mantido em ótima forma desde que surgiu no cinema. Foi por isso que em junho deste ano, às vesperas de completar seus 50 anos, que ela foi premiada no prêmio Spike Guys Choice Awards na categoria carinhosamente apelidada de "gostosa por uma década".

Solidariedade

Os trabalhos voluntários são marca registrada da norte-americana, que ofereceu US$ 1 milhão às vítimas de um terremoto no Haitie e do tsunami ocorrido no Japão. Sandra ainda é entusiasta da adoção de animais, ela própria é dona de dois chihuahuas que têm apenas duas patas.
1/51
Neste sábado (26), a atriz Sandra Bullock comemora seus 50 anos. Com mais de 40 filmes no currículo, ela é uma das estrelas mais cobiçadas de Hollywood
Foto: Frank Micelotta/Astrid Stawiarz - Reprodução/IMDb / Getty Images
Fonte: TERRA

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Questão sobre "Maternidade" fica adiada outra vez

Créditos: Marcos Fotografias
Durante sessão ordinária da Câmara Municipal de Esperança, aconteceu ontem (24), uma audiência pública com a presença da secretária de saúde do município Rosete Bezerra Cavalcante Arcoverde, irmã Luciana (Diretora da Casa de Saúde e Maternidade São Francisco de Assis),vice-presidente da Maternidade.  Wagner Gomes, vereadores e do público. A sessão foi tumultuada, pois integrantes das duas maiores facções políticas do município se exaltaram no auditório, uns concordando, outros discordando com o assunto abordado. A presidente da Casa de “Francisco Bezerra”, vereadora Cristiana Almeida que abriu a sessão, terminou passando o comando para o vereador Adailton dos Santos, tendo este encerrado os trabalhos, depois dos desentendimentos entre vereadores, lideranças e representantes da Maternidade. A solução apresentada pelo gestor e levada ao plenário pela Secretária de Saúde do Município Rosete Bezerra, foi a mesma  já proposta pelo Chefe do Executivo Municipal Anderson Monteiro, ou seja, um acréscimo de 10 por cento sobre o  valor atual do contrato vencido em maio deste ano. Proposta não aceita pela direção da Maternidade, que continua intransigente, querendo dobrar o valor do contrato. Mais uma  vez não houve acordo e ficou de uma comissão de vereadores se reunir novamente propondo um acordo para solução do caso.

Por Otílio Rocha - FOLHA DE ESPERANÇA

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Polícia Civil prende acusado de abusar sexualmente das próprias filhas na Paraíba


Crimes aconteciam na Zona Rural do município de Mulungu; filha mais velha, que sofria abusos desde a infância, descobriu que o mesmo estaria acontecendo com a irmã mais nova

Reprodução
Cidade de Mulungu

Um servidor público aposentado de 59 anos foi preso pela Polícia Civil de Guarabira, nesta quinta-feira (24), sob acusação de abuso sexual das próprias filhas, uma de 19 e outra de 13 anos, na Zona Rural de Mulungu, a 85 km de João Pessoa.

De acordo com o delegado Ricardo Sena, da 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil de Guarabira, o caso havia sido registrado em janeiro deste ano, após descoberta feita pela filha mais velha.

“Ela sofria abusos, tendo, inclusive, relatado conjunção carnal com penetração, desde os 9/10 anos. Ao perceber que a irmã mais nova passou a apresentar um comportamento semelhante ao dela, quando tinha a mesma faixa etária, resolveu investigar e, por meio de questionamentos, descobriu que a menor também vinha passando pelo mesmo sofrimento”, disse o delegado.

Nesse momento, segundo ele, a moça se revoltou e resolveu expor a situação para o restante da família, revelando também o seu drama particular, que ainda acontecia. “A história chegou ao Conselho Tutelar e foi registrada na Delegacia da Mulher de Guarabira”, contou Sena.

O delegado comentou que, como não havia flagrante, o aposentado foi mantido em liberdade, mas afastado das meninas, que vivem com a mãe e são fruto de um relacionamento paralelo, tendo o acusado outros filhos com a primeira família.

“A partir de então, a Polícia Civil passou a investigar o caso, colhendo depoimentos de familiares e conhecidos. Algumas primas das garotas chegaram a relatar que já haviam sofrido algum tipo de abordagem maliciosa do acusado”, afirmou Ricardo Sena, explicando que esses outros casos deram força à acusação.

A Justiça, por meio da Comarca de Alagoinha, que engloba a região de Mulungu, expediu um mandado de prisão preventiva, cumprido nesta quinta. “É uma prisão cautelar, visto que o acusado ainda será julgado”, completou o delegado da Polícia Civil. Ele foi encaminhado à Cadeia Pública de Alagoinha, onde aguardará o andamento do processo.

PORTAL CORREIO

Policial paraibano é morto a tiros em assalto no Rio Grande do Norte

Policial paraibano é morto a tiros em assalto no Rio Grande do Norte
 Um policial militar foi morto durante uma tentativa de assalto na tarde desta quinta-feira (24) no município de Macaíba, na Grande Natal. Segundo a PM, o soldado Jenilson da Silva Teixeira foi vítima de um assalto e reconhecido como PM quando um dos criminosos pegou a carteira da vítima. Ele levou um tiro na cabeça e morreu no local.

De acordo com o coronel Josimar de Lima, comandante da PM em Macaíba, o crime aconteceu na comunidade Pé do Galo, na zona rural do município. Quatro homens abordaram o policial e pediram o carro dele e dinheiro. "Quando pegaram a carteira dele e viram o documento de identidade da Polícia Militar, atiraram na cabeça do policial", explicou o comandante.

Segundo a equipe da Polícia Militar presente no local, na fuga os criminosos roubaram uma moto e outro carro, abandonando o veículo que pertencia ao PM. Ao G1, o coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, comandante da PM, confirmou que soldado vivia no Rio Grande do Norte e trabalhava no município de Mataraca, na Paraíba. Ele estava visitando um irmão quando abordado pelos criminosos.

Os suspeitos fugiram em direção ao município de Parnamirim, também na Grande Natal. Homens do Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque) e da Polícia Militar de Macaíba e Parnamirim estão realizando diligências em busca dos criminosos.

Redação com G1-RN

IFPB abre inscrições para 53 vagas de professor no Pronatec


IFPB abre inscrições para 53 vagas de professor no Pronatec
 Nesta quinta-feira (24), 53 vagas de professor no Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) estão abertas através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) em três campi. O salário varia conforme a carga horária, no máximo 16 horas semanais, com pagamento em forma de bolsa de R$ 50 por hora-aula.

Para todos os candidatos, a pontuação é por avaliação curricular. Quem não tiver um ano de experiência docente e não possuir título de licenciatura pode se inscrever, mas será submetido à prova de desempenho didático pedagógico, de caráter eliminatório. Para profissionais dos cursos de Cabeleireiro e Costura, a seleção é apenas curricular.

Em Princesa Isabel, a inscrição foi aberta nessa quinta e vai até dia 1º de agosto. Em Guarabira e João Pessoa, a inscrição prossegue até 28 de julho. Os editais estão com inscrição aberta para professores de fora do quadro do IFPB.

Em Princesa Isabel, são 13 disciplinas, nove voltadas a profissionais da Costura e Moda, três para Cabeleireiro e um para Computação-Informática. 

Em Guarabira, a inscrição é para seis disciplinas, envolvendo áreas de Administração, Contabilidade, Economia, Computação e Informática.

No campus João Pessoa, são 34 vagas para professores de Letras (Espanhol e Inglês) e de Língua Brasileira de Sinais (Libras). 

O interessado deve conferir a carga horária de sua disciplina. O pagamento é por bolsa com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Não são aceitas inscrições via Correios.

PB Agora  com G1